Lançamento da SpaceX e da Nasa é cancelado na última hora devido ao clima


Depois de um hiato de nove anos sem viagens espaciais, os Estados Unidos tentaram quebrar o jejum. Nesta quarta-feira, 27 de maio, às 17h33 (no horário de Brasília) houve uma tentativa de fazer o lançamento da sonda Crew Dragon, impulsionada pelo foguete Falcon 9, no Centro Espacial John F. Kennedy, mesmo local de onde saiu o voo Apollo 11, quando o americano Neil Armstrong foi o primeiro homem a pisar na lua, em 1969.

O lançamento acabou sendo prejudicado pelas más condições de tempo local. A sonda sairia do Centro Espacial John F. Kennedy, assim como o voo Apollo 11, em 1969.

A Nasa e a SpaceX afirmaram que o lançamento foi adiado para sábado (30), e esperam ter melhores condições de tempo no final de semana. A agência e a companhia de Musk optaram pelo atraso de três dias por não terem tempo para se prepararem novamente nesta quarta-feira.

A última vez que um foguete tripulado partiu dos EUA foi em 2011. Bob Behnken e Doug Hurley, veteranos da Nasa, serão os pilotos da missão; ambos vão chegar à Estação Espacial e, após 110 dias, partirão com um grupo de outros três astronautas. No entanto, as condições climáticas da Flórida não permitiram o lançamento de hoje e, por motivos de segurança, o lançamento ficará para sábado, dia 30.

Foto: SpaceX/Divulgação

Fonte: Exame

Postar um comentário

0 Comentários