Thiago Salvático fala pela primeira vez sobre o relacionamento com Gugu Liberato


Thiago Salvático, 32, suposto namorado do apresentador Gugu Liberto, morto em novembro de 2019, falou pela primeira sobre o seu relacionamento com o comunicador em entrevista ao colunista do UOL, Leo Dias, publicada nesta segunda-feira (11). 

O chef de cozinha atualmente trava uma batalha na Justiça pedindo reconhecimento de união estável homoafetiva com Gugu, e a partilha de bens acumulados no período em que estiveram juntos, que segundo ele, é desde 2011. 

“O nosso relacionamento só terminou em razão do falecimento dele. A minha pretensão é legítima. Eu tenho a obrigação de defender a nossa relação e a verdade. Quando o Gugu fez o testamento, em 2011, ele não me conhecia”, afirmou Salvático ao colunista. 

Dono de duas sorveterias na cidade de Paderborn, na Alemanha, Thiago Salvático explicou que demorou para anunciar sua decisão pois precisava respeitar seu luto. “Foi muito difícil dar prosseguimento à minha vida depois do dia 21 de novembro. Logo após o falecimento do Gugu, a minha irmã e o meu cunhado vieram morar aqui na Alemanha para me dar suporte emocional e me ajudar a dar continuidade ao meu trabalho e aos meus negócios.” 

Questionado por Leo Dias o motivo pelo qual o apresentador não assumia o relacionamento homossexual, Thiago Salvático desconversou. “Esse tema é muito sensível. As razões que levaram o Gugu a preservar a intimidade e a privacidade dele estão muito bem explicadas na ação. O local apropriado para essa discussão é a Justiça.” 

Rose Miriam, que não era casada oficialmente com Gugu, mas vivia com ele e a mãe de seus três filhos, também foi à Justiça após a morte do comunicador para que fosse reconhecida a união estável dos dois e, assim, ter direito à herança dele, que foi partilhada apenas entre os filhos e sobrinhos. 

Ao F5, a assessoria do advogado Nelson Wilians, que atende a Rose Miriam disse que o pedido de Salvático é mais um episódio que expõe a família e a reputação do apresentador, “além de uma tentativa sórdida de criar tumulto processual”. 

Já o chef de cozinha alega que a ideia de pedir reconhecimento na Justiça partiu dos seus advogados, que pediram para que ele escrevesse em detalhes sobre sua história de amor com o apresentador, “do primeiro ao último dia”, diz ele. “Tinha momentos em que eu não conseguia escrever por lembrar de tudo o que passamos juntos (…) Sou julgado por pessoas que não me conhecem e nada sabem da minha história com o Gugu”, afirmou ao UOL. 

Mas de acordo com a lei, a união estável só é reconhecida quando o relacionamento é público e estabelecido com o objetivo de constituir família -e Gugu Liberato nunca apresentou publicamente outra pessoa, além de Rose, como sua parceira. 

Thiago Salvático ainda disse que mantinha uma relação ativa com Gugu, mesmo vivendo na Alemanha e o apresentador no Brasil. “Apesar da distância, nós sempre mantivemos um relacionamento muito sólido e próximo. Não medíamos esforços para nos encontrar”, contou. 

Questionado como conheceu Gugu, o empresário de 32 anos explicou, sem detalhes, que em 2011 vivia na Itália quando começou a se relacionar com o apresentador. Desde então, os dois viajavam e mantinham um namoro comum. “Ficávamos no mesmo quarto, fazíamos as refeições e os passeios juntos. No Brasil, eu também andava ao lado dele e frequentava todas as residências na condição de companheiro.” 

Por fim, Salvático disse que pra sempre irá guardar uma imagem positiva do namorado, quem define como uma pessoa “correta, divertida, educada, gentil e carinhosa.” “Um companheiro que transmitia muito amor e que contribuía para o meu crescimento pessoal”, afirmou.           

Foto: Reprodução

(Folhapress)

Postar um comentário

0 Comentários