Auxílio Emergencial recebido irregularmente por servidores de Juazeiro soma R$ 187 mil; Prefeitura investiga


Um total de 276 servidores municipais de Juazeiro do Norte receberam, de forma irregular, o Auxílio Emergencial no valor de R$ 600, pago pelo Governo Federal. O total de dinheiro recebido indevidamente é de R$ 187,2 mil.

Desses, 188 receberam automaticamente por estarem inclusos no CadÚnico, 26 estariam inclusos no Bolsa Família, e outros 62 teriam solicitado o benefício através do aplicativo, segundo explica Nilton Rodrigues, Chefe de Gabinete de Juazeiro do Norte, ao Jornal Progresso.

“O procedimento que haveremos de adotar é o recomendado pela Controladoria, sendo a notificação pessoal e individual de cada servidor, para que apresente a justificativa, e caso queira, para não se enquadrar no crime de falsidade ideológica ou de estelionato, posso fazer a devolução do recurso recebido indevidamente”, explica Nildo em entrevista ao Jornal Progresso.

Segundo ele, o servidor não será exposto, e “haverá de usar sua consciência” para fazer a devolução do dinheiro. Nildo ainda levanta a possibilidade de alguns servidores terem sido vítimas do uso indevido do CPF por terceiros para liberação do auxílio.

A Controladoria Geral da União, em ação conjunta com o Tribunal de Contas do Ceará, constatou a existência de funcionários de 181 prefeituras do estado em que os servidores teriam recebido irregularmente o Auxilio Emergencial.

Foto: Marcello Casal Jr

Fonte: Site Badalo

Comentários