Ceará ultrapassa os 60 mil casos de Covid-19; óbitos pela doença chegam a 3.847


O Ceará ultrapassou os 60 mil casos de Covid-19, conforme os dados da plataforma IntegraSUS, da Secretaria de Saúde, atualizados nesta sexta-feira (5), às 9h39. Já são 60.504 confirmações da doença no estado e 3.847 óbitos registrados.

A marca foi alcançada apenas quatro dias após o Ceará chegar aos 50 mil casos, na segunda-feira (1°). As mais de 10 mil confirmações ocorreram na semana em que o Ceará começou a fase de transição do plano de retomada da economia. O Governador Camilo Santana afirmou que deve anunciar até o próximo sábado (6) se o Estado vai avançar mais uma fase na reabertura econômica.

A capital Fortaleza segue como líder nos números do Sars-Cov-2, com 26.645 diagnósticos positivos e 2.424 mortes de pacientes contaminados. Sobral é a segunda cidade em quantidade de casos, com 2.823 confirmações e 107 óbitos.

Caucaia tem 2.277 confirmações e 137 óbitos pela doença. Maracanaú, também na Região Metropolitana de Fortaleza, já registrou 2.043 diagnósticos positivos, com 146 falecimentos em decorrência da Covid-19.

Sobral, Caucaia, Maracanaú e outras 4 cidades estão em regime de lockdown desde segunda-feira (1°), para diminuir a curva de contaminação do novo coronavírus.

Em todo o Ceará, já foram realizados 142.033 testes de diagnóstico para a Covid-19. Há 55.048 casos suspeitos, ainda em investigação.

O número de pacientes recuperados no Estado chegou a 41.204. A letalidade da doença, que indica a proporção de mortes em relação ao total de casos, é de 6,4.

Os números apresentados pela Secretaria da Saúde são atualizados permanentemente e fazem referência à disponibilidade dos resultados dos testes para detectar a presença dos vírus, ou seja, não necessariamente correspondem à data da morte ou do início da apresentação dos sintomas pelo paciente.

Em todo o Ceará, já foram realizados 142.033 testes de diagnóstico para a Covid-19. Há 55.048 casos suspeitos, ainda em investigação.

O número de pacientes recuperados no Estado chegou a 41.204. A letalidade da doença, que indica a proporção de mortes em relação ao total de casos, é de 6,4.

Os números apresentados pela Secretaria da Saúde são atualizados permanentemente e fazem referência à disponibilidade dos resultados dos testes para detectar a presença dos vírus, ou seja, não necessariamente correspondem à data da morte ou do início da apresentação dos sintomas pelo paciente.

Foto: Reprodução

Fonte: Portal G1

Postar um comentário

0 Comentários