Polícia Civil do Ceará retira no ar perfil com conteúdo pornográfico infantojuvenil


A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio do Departamento de Inteligência Policial (DIP), retirou do ar na tarde desta terça-feira (2), um perfil em uma rede social que compartilhava imagens com conteúdo pornográfico infantojuvenil.

Essa foi a quarta ação, em pouco mais de dois meses, realizada pelo DIP, em parceria com a Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dceca), com o objetivo de evitar a propagação desse tipo de conteúdo.

Os agentes chegaram até o perfil após denúncias recebidas através da página oficial no Instagram da instituição, que pediam investigações sobre o caso.

Mesmo com a retirada do perfil, os policiais seguem investigando o fato com o intuito de descobrir a origem do material, bem como o autor do crime. As investigações ficarão com a Dceca), com apoio do DIP.

Outros perfis derrubados
No último dia 18 de maio, os agentes derrubaram um perfil de um usuário do Instagram que compartilhava centenas de imagens com conteúdo pornográfico infantojuvenil.

Já em março deste ano, nos dias 22 e 29, a PCCE derrubou um perfil de um usuário do Instagram que continha conteúdo similar e uma página na rede social Facebook que, além de propagar conteúdo pornográfico infantil, fazia apologia a crimes como estupro e violência contra idosos, mulheres e crianças. A página possuía 172 mil seguidores.

Ainda segundo a polícia, os responsáveis pelo conteúdo criminoso são investigados, bem como os adeptos da página.

Oferecer, trocar, disponibilizar, transmitir, distribuir, publicar ou divulgar por qualquer meio, inclusive por meio de sistema de informática ou telemático, fotografia, vídeo ou outro registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente é crime previsto no artigo 241-A do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

A pena prevista para quem comete este tipo de ato é de reclusão, de três a seis anos, e multa.

Foto: Reprodução

Fonte: Portal G1

Postar um comentário

0 Comentários