Polícia Federal deflagra operação que investiga saques indevidos do auxílio emergencial no interior do Ceará


A Operação Covideiros, deflagrada pela Polícia Federal nesta quarta-feira (10) em São Paulo investiga saques indevidos de auxílio emergencial. A maioria dos saques ocorreu em São Paulo, mas há também três mandados de busca e apreensão nas cidades cearenses de Morrinhos, Quixeré e Russas.

A operação ocorre em conjunto com a Caixa Econômica Federal e com a Polícia Militar do Estado de São Paulo. A PF investiga uma associação criminosa com atuação no Ceará e em São Paulo, que realizou saques indevidos do benefício de R$ 600,00, utilizando dados de reais beneficiários.

Mais de 40 policiais federais e outros 40 policiais militares participam da ofensiva, com apoio de 14 empregados da Caixa. Ao todo, são cumpridos oito mandados de busca e apreensão.

Desses, cinco são em São Paulo. Há ainda dois mandados de prisão temporária na capital paulista. A Polícia Federal informou que os crimes são praticados a partir de cartões cidadãos de beneficiários reais que foram clonados em casas lotéricas do Ceará. Depois, os criminosos produzem cartões clonados com esses dados no estado de São Paulo

Foto: Reprodução

Fonte: Site Ceará Agora

Comentários