Saque do FGTS de R$ 1.045 vai ser liberado em conta social digital da Caixa


A Caixa Econômica Federal usará a conta poupança digital para o saque-emergencial de até R$ 1.045 do FGTS a ser liberado a partir da próxima segunda-feira, 15 de junho. A medida já vem sendo adotada para pagar o auxílio-emergencial de R$ 600 do governo federal e o Benefício Emergencial (BEm) para os trabalhadores que tiveram redução de jornada de trabalho e de salário ou suspensão do contrato.
Realizando o procedimento dessa forma pretende-se reduzir as aglomerações nas agências bancárias, além de garantir que o dinheiro do Fundo de Garantia chegue integralmente aos beneficiários de forma rápida e prática.

A Caixa decidiu que vai adotar o mesmo modelo de pagamento do auxílio emergencial na nova leva de saques imediatos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, o FGTS. O valor a que o trabalhador terá direito de sacar do FGTS é de R$ 1045,00 reais.
Sendo assim, o trabalhador vai receber o crédito de R$ 1045,00 em uma conta, mas terá que esperar alguns dias até que possa sacar esse dinheiro em espécie ou transferir ele para outra conta de seu interesse. Os valores começarão a ser creditados a partir do dia 15 de junho. O recurso estará disponível aos trabalhadores até o dia 31 de dezembro de 2020, e a expectativa é de que sejam injetados mais de R$ 36 bilhões na economia, beneficiando cerca de 60 milhões de brasileiros.

COMO SERÁ CALCULADO O PAGAMENTO DO NOVO SAQUE DO FGTS

O saque será limitado a R$ 1.045 por trabalhador, independentemente do número de contas ativas ou inativas que tenha. Caso o trabalhador tenha um limite menor que R$ 1.045 na conta do FGTS, ele poderá retirar todo o valor.
Mas se o trabalhador tiver mais do que uma conta, a retirada dos valores obedecerá a seguinte lógica: primeiro retira-se da conta inativa de menor valor, depois da conta inativa de maior valor, depois da conta ativa.
“Faremos o depósito e o saque acontecerá alguns dias depois. Isso vai permitir com que haja uma minimização das filas”, disse em transmissão na rede social.

3ª parcela do Auxílio Emergencial

Nesta semana deverá ser divulgado, ainda, o calendário de pagamento da 3ª chamada do Auxílio Emergencial, que também será de R$ 600 (R$ 1.200 para mães solteiras). O anúncio de que seria divulgado nesta foi feito pela Caixa.

Prorrogação do Auxílio Emergencial

O presidente da República, Jair Bolsonaro, anunciou que haverá pagamento de mais duas parcelas do auxílio emergencial, porém com valor menor. De acordo com dados apurados, serão realizados os pagamentos da quarta e quinta parcelas, porém no valor de R$ 300 por mês. Paulo Guedes, ministro da Economia, defendia o pagamento das parcelas no valor de R$ 200.

Confira o calendário de saques e transferências da segunda parcela

Confira abaixo a data de liberação do recurso de acordo com o mês de nascimento do beneficiário:
Janeiro: 30 de maio
Fevereiro: 1º de junho
Março: 2 de junho
Abril: 3 de junho
Maio: 4 de junho
Junho: 5 de junho
Julho: 6 de junho
Agosto: 8 de junho
Setembro: 9 de junho
Outubro: 10 de junho
Novembro: 12 de junho
Dezembro: 13 de junho

Postar um comentário

0 Comentários