Com diminuição dos casos de coronavírus, plano de retomada da economia continua no estado


Em transmissão ao vivo nas redes sociais nesta sexta-feira (21), o governador do Ceará, Camilo Santana, divulgou as diretrizes do novo decreto estadual, que entra em vigor a partir da próxima segunda-feira (24). De acordo com o dispositivo, todas as cidades cearenses devem permanecer na fase do Plano de Retomada Responsável das Atividades Econômicas e Comportamentais em que se encontram no momento.A decisão foi anunciada pelo governador após decisão do Comitê Científico criado para discutir ações voltadas ao enfrentamento da pandemia da Covid-19 no Ceará.No vídeo, o governador aproveitou para exaltar os números positivos da economia cearense, os melhores do Nordeste ao gerar 5.727 empregos celetistas no Ceará, em julho de 2020.Plano de RetomadaApós a nossa 23ª reunião com o Comitê formado pelos nossos profissionais de Saúde, presidentes do Tribunal de Justiça e Assembleia Legislativa, e Ministério Público Estadual e Federal, ficou definida a continuidade das fases e medidas atuais em todas as regiões, sem alterações, para o novo decreto estadual, que entra em vigor a partir da próxima 2a feira (24), mantendo as macrorregiões de Saúde nas atuais fases, informou Camilo.Fortaleza e municípios da Macrorregião de Fortaleza seguem na Fase 4;
Macrorregiões de Sobral, Sertão Central e Litoral Leste/Jaguaribe entram na segunda semana da Fase 3;
Macrorregião do Cariri entra na segunda semana da Fase 2;Camilo também lembrou que o Ceará é reconhecido internacionalmente como o Estado mais transparente em todas as ações e gastos públicos durante a pandemia.Retorno dos outros setoresSobre os setores ainda não autorizados a funcionar, o governador destacou que novas reuniões ocorrerão durante a próxima semana para definições.A partir da próxima semana faremos outras reuniões com os grupos de trabalho específicos, para elaborar de forma segura um faseamento e perspectivas de retorno, possivelmente para setembro de 2020, explicou Camilo.

via Ceará Agora

Postar um comentário

0 Comentários