Vendedor ambulante que teve carro de frutas virado por PM é preso por tentativa de homicídio


O vendedor ambulante que teve o carrinho de frutas derrubado por um policial militar nesta quinta-feira (27) no Bairro Floresta, em Fortaleza, foi preso nesta sexta-feira (28). Os policiais cumpriram um mandado de prisão por tentativa de homicídio. O crime ocorreu em dezembro de 2019 e o mandado foi determinado em abril deste ano.
“Ele é o terceiro preso do total de quatro pessoas, que foram indiciadas por participar da tentativa de homicídio contra um homem, no dia 11 de dezembro de 2019, em uma loja de som automotivo”, afirma a Secretaria da Segurança, em nota.
Ainda conforme a pasta, a vítima foi atingida por disparos de arma de fogo. “Em seguida, ele foi conduzido em estado grave para uma unidade de saúde na capital [Fortaleza], mas sobreviveu aos ferimentos.”
Conforme o secretário da Segurança, André Costa, João Vitor Silva Moreira, de 20 anos, além da tentativa de homicídio no ano passado, teve um mandado de apreensão prescrito por homicídio.
“João tinha mandado de apreensão prescrito por homicídio consumado, quando o corpo foi carbonizado num trilho em junho de 2017”, afirmou André Costa.

Entenda o caso

Nesta quinta-feira (27), dois policiais militares foram afastados de suas funções após um policial ser filmado derrubando produtos e virando um carrinho usado pelo vendedor ambulante.
No vídeo gravado por uma testemunha é possível ver o policial militar chutando e jogando no chão as frutas que estavam no carrinho do vendedor ambulante. A Secretaria da Segurança não explicou a situação anterior ao vídeo e não revelou os motivos da ação do agente.

Foto: Reprodução

Fonte: Portal G1 CE

Postar um comentário

0 Comentários