1

Empresa Aena confirma início da gestão no Aeroporto de Juazeiro do Norte a partir de janeiro


FOTO: Nívia Uchoa Representantes da empresa concessionária Aena Desarrollo Internacional Brasil – Aena Brasil, do Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, estiveram reunidos na manhã desta quarta-feira, 18, com integrantes da Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte e o engenheiro mecânico aeronáutico, José Roberto Celestino. 

A concessionária arrematou o equipamento em leilão, realizado no em março deste ano, e mais cinco aeroportos do bloco Nordeste por R$ 1,9 bilhão.

A partir de janeiro de 2020, o equipamento começa a ser administrado pela empresa europeia, realizando inicialmente melhorias na área do terminal, com a reforma da bateria de banheiros, e algumas adequações iniciais. Durante 36 meses serão realizadas diversas reformas, que incluem desde a ampliação do terminal, à melhorias no estacionamento. No primeiro momento serão priorizadas as adequações internas consideradas mais urgentes. 

A administração Municipal ao receber as representantes da Aena, a advogada Simone Paschoal, e a engenheira de infraestrutura, Luciane Netto Rigoni, destacou inicialmente relevância do mercado no qual o aeroporto se insere, sendo nítida a necessidade de que haja mais investimentos, do ponto de vista técnico operacional e de infraestrutura no local. 

Investimentos em Infraestrutura 
O Engenheiro Mecânico da Aeronáutica, Roberto Celestino, destacou inicialmente a questão relacionada à infraestrutura do Aeroporto, além das conquistas para que aeronaves de maior porte pudessem operar. Para isso, ressaltou o apoio da gestão pública municipal e do setor privado, realizados nos últimos anos, além dos investimentos federal e estadual. Mesmo assim, ainda não suficientes para atender todas as exigências relacionadas a plena condição de tráfego aéreo mais amplo. 

O engenheiro apresentou números relacionado ao potencial do aeroporto, o crescimento, ano passado registrando movimentação de 563.895 passageiros. Ele destacou dados relacionados ao PIB de Juazeiro do Norte, sempre relevantes e acima da média nacional, entre outros índices, voltados ao potencial crescente da cidade. O empresário ainda ressaltou a necessidade de investimentos, tendo em vista o potencial que Juazeiro do Norte representa. Chega, por exemplo, a ter uma movimentação superior quatro vezes ao aeroporto de Campina Grande, na Paraíba. 

A nova empresa, que assume entre 10 e 15 de janeiro de 2020, estará administrando o terminal por 30 anos. Foi criado o comitê de transição, para o processo de mudança, como a Receita Federal, Polícia Federal, Anvisa e Infraero. 

No Brasil são seis aeroportos administrados pela empresa espanhola atualmente. É a primeira aeroportuária em quantidade de passageiros do mundo. As representantes da Aena ressaltaram que durante as próximas três décadas, a empresa vai adequar a infraestrutura para que possa atender da melhor forma possível os usuários. Com a concessão, a Aena Brasil passa a ser responsável pela ampliação, manutenção e exploração do equipamento. A empresa conta atualmente com 71 aeroportos no mundo, seis deles no Brasil. 

via Gazeta Cariri

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem