Ciopaer realiza transporte de criança do Crato até Fortaleza para transplante de órgão


A agilidade da equipe da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) foi fundamental mais uma vez para salvar a vida de uma criança em território cearense. Miguel Nascimento, de quatro anos, foi transportado pela Fênix 06, no último dia 20 de setembro, da cidade do Crato até Fortaleza, onde precisava chegar com brevidade para receber um transplante de órgão. Nesse domingo (27), o pequeno recebeu alta médica após uma cirurgia bem-sucedida. 

A mãe de Miguel, Francinete Nascimento, conta que o menino estava na fila de espera para receber um rim, quando eles receberam a ligação de um hospital em Fortaleza relatando sobre a disponibilidade de um órgão compatível com o garoto. Após acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), o translado da cidade do Crato até Fortaleza foi providenciado, na madrugada de domingo, 20 de setembro. 

Em razão da agilidade, a Fênix 06, que estava na base da Ciopaer em Juazeiro do Norte, realizou o transporte da criança até a base em Fortaleza. “A participação da Ciopaer foi fundamental para que a criança pudesse chegar a Fortaleza em tempo hábil para a realização do transplante, com conforto e segurança que nossa UTI aérea Fênix 06 dispõe”, destaca o relações-públicas da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas, capitão Elton Oliveira. 

Do aeroporto de Fortaleza, onde está situada a base da Ciopaer na Capital, uma ambulância do Samu levou Miguel até o hospital onde a criança passou pelo procedimento cirúrgico. “Eu agradeço muito a eles (equipe Ciopaer), porque se não fosse por eles, meu filho não teria chegado a tempo. Eu nem tenho palavras para agradecer. Só tenho a dizer que deu tudo certo, graças a Deus e a eles”, disse Francinete. Após passar pela cirurgia e ficar internado no hospital no Centro de Fortaleza, Miguel recebeu alta médica nesse domingo e deverá permanecer em observação pelos próximos meses.

Foto: Divulgação
Fonte: Site Gazeta Cariri

Postar um comentário

0 Comentários