Franquia do maior restaurante em shopping do Brasil deve abrir unidade em Juazeiro do Norte


Apesar da pandemia do novo coronavírus ainda se instaurar no que diz respeito a crise financeira em diversos comércios e estabelecimentos, novos empreendimentos e franquias não perdem a esperança de aproveitar este momento para ressignificar e tonar possível um negócio de sucesso. É o caso dos empresários responsáveis pela famosa rede de restaurantes Coco Bambu, que além de abrir o maior restaurante dentro de um shopping no país, buscam instalar uma nova unidade no Cariri, mais especificamente em Juazeiro do Norte.

Desde o último 31 de agosto, a quinta filial do grupo no Ceará, localizado no Shopping Iguatemi Fortaleza, na capital, está aberto e possui capacidade para atendimento de até 800 clientes em seu interior. O empreendimento teve investimento total de R$ 18 milhões, e mesmo sendo menor que as unidades da Zona Norte de São Paulo e no Lago Sul de Brasília, torna a empresa a estavelecer recordes nacionais em seus estabelecimentos.

Conforme apurado pelo Portal Badalo, os empresários Afrânio e Daniela Barreira, donos da franquia, estão a procura de uma localidade para instalação da rede de restaurantes especializada em frutos do mar. Segundo eles, estão em contato com empresários e corretores locais e desejam firmar suas instalações em um terreno que tenha, pelo menos, 4 mil m² de área.

A franquia ostenta pouco mais de quarenta operações em 15 estados, e almeja chegar a uma centena até 2025. “A expectativa para 2020 era crescer ainda mais, com a abertura de novas 18 lojas”, diz o fundador, Afrânio Barreira. “Esse plano de expansão foi cumprido em parte, com inauguração de seis unidades. As outras doze foram adiadas para 2021”.

Só em 2019, o Coco Bambu conquistou R$ 1 bilhão, sendo seu maior faturamento. Desde o início do isolamento social mais rígido, e durante a pandemia aposta no delivery, como boa parte dos comércios, conseguindo faturar cerca de 40% do registrado em meses anteriores ao início da quarentena.

“A pandemia mostrou que o delivery pode ser um importante aliado na receita dos restaurantes no futuro”, Barreira acredita. “Em breve teremos uma retomada de 100% do movimento dos salões, porém os clientes que começaram a recorrer ao delivery durante a quarentena devem continuar a fazê-lo”.

Foto: Divulgação/Coco Bambu

Por George Wilson

Fonte: Site Badalo

Postar um comentário

0 Comentários