Eventos sociais e shows com até 200 pessoas em ambiente aberto são liberados em Fortaleza


O governador do Ceará, Camilo Santana, autorizou a realização de eventos sociais e shows com até 200 pessoas em ambiente aberto nos municípios da Região de Saúde de Fortaleza. A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado do Ceará (DOE), na noite deste sábado (3), no novo decreto estadual contra a propagação da Covid-19.

A liberação vale para Fortaleza e os municípios da Macrorregião, que estão na fase 4 da retomada econômica. São eles: Acarape, Amontada, Apuiarés, Aquiraz, Aracoiaba, Aratuba, Barreira, Baturité, Beberibe, Capistrano, Cascavel, Caucaia, Chorozinho, Eusébio, General Sampaio, Guaiuba, Guaramiranga, Horizonte, Itaitinga, Itapajé, Itapipoca, Itapiúna, Maracanaú, Maranguape, Miraíma, Mulungu, Ocara, Pacajus, Pacatuba, Pacoti, Palmácia, Paracuru, Paraipaba, Pentecoste, Pindoretama, Redenção, São Gonçalo do Amarante, São Luis do Curu, Tejuçuoca, Trairi, Tururu, Umirim e Uruburetama.

O Ceará registra, até a noite deste sábado (3), 242.873 casos confirmados de Covid-19 e 9.051 óbitos causados pela doença. As informações são da plataforma IntegraSUS, atualizada às 21h39.

Anteriormente, o governo havia liberado a realização de eventos com no máximo 100 participantes. Medidas sanitárias como evitar aglomerações e manter o público usando máscaras, continuam sendo obrigatórias.

Conforme o decreto estadual, festas, eventos sociais e shows podem ser realizados com até 200 pessoas, em ambientes abertos, e até 100 pessoas, em ambientes fechados. Congressos podem receber até 400 pessoas.

Já os eventos esportivos, podem ser realizados com até 300 participantes, em ambientes abertos, e até 200 participantes, em ambientes fechados. Além disso, é proibido a presença de público.

Segundo o decreto, a realização dos eventos devem ser precedidas de autorização sanitária da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa). Também é exigido o atendimento a todas as regras sanitárias específicas para cada evento, disponibilizadas no site da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (SEDET).

Foto: Divulgação

Fonte: Portal G1 CE

Postar um comentário

0 Comentários