MPE pede impugnação da candidatura do atual prefeito de Barbalha, Argemiro Sampaio


O Ministério Público Eleitoral (MPE) entrou, na última sexta-feira (2) com uma ação de investigação judicial por atos abuso do poder público, bem como uso indevido de comunicação da prefeitura de Barbalha pelo atual prefeito Argemiro Sampaio (PSDB), eseu vice, José Ernandes Oliveira Garcia. O documento ainda pede a Justiça Eleitoral a impugnação do registro de candidatura destes para as Eleições 2020 no município.

Conforme protocolado pelo promotor eleitoral Nivaldo Magalhães Martins, houve pedido de Ação de Investigação Judicial Eleitoral contra Argemiro e Ernandes Garcia (PROS), sob acusação de abuso de autoridade e uso indevido dos meios de comunicação em benefício desta candidatura. Portanto, solicita Justiça Eleitoral a inelegibilidade dos investigados pelos próximos oito anos, bem como a cassação do atual mandado do gestor público, devido as denuncias de abuso de poder.

Contactada pela reportagem, a assessoria do prefeito Argemiro informou que nem ele, e nem o seu vice foram notificados pelo MPE, e que a coordenação jurídica destes ainda não tomaram conhecimento sobre o caso.

(Fonte: Site Badalo)

Postar um comentário

0 Comentários