Após dois dias de intensos volumes, chuvas têm redução no Ceará


Após dois dias consecutivos com pluviometria volumosa em diversas cidades do interior do Estado, a chuva apresentou redução nas últimas horas. De acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), entre as 7 horas de ontem e 7 horas desta quinta-feira (5), 17 municípios receberam precipitações. Os números são atualizados ao longo do dia. 

Os maiores índices, até agora, foram registrados em Tauá (20 mm), Campos Sales (9.5 mm), Viçosa do Ceará (7 mm), Jijoca de Jericoacoara (5 mm) e Acaraú (4.1 mm). 
O meteorologista da Funceme, Raul Fritz, explica que essas precipitações do início de novembro já fazem parte da pré-estação chuvosa, que, neste ano, teve o período antecipado em um mês. As regiões mais beneficiadas com as chuvas têm sido o Centro-Sul, Sul (Cariri), Inhamuns, Sertões de Crateús e Serra da Ibiapaba. 

Ainda segundo Fritz, as chuvas atuais decorrem de um sistema frontal conhecido como Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZACS) “que traz umidade para o continente na altura da Bahia e outros estados, como o Ceará”. A previsão da Funceme é de possibilidade de precipitações até sábado (7), na faixa litorânea e no Maciço de Baturité, mas com menor intensidade.

FOTO: Honório Barbosa
Fonte: Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários