Empresários são alvo de operação que investiga fraudes em licitações em Barbalha


Um grupo de empresários é alvo de operação da Polícia Civil que investiga fraudes em processo de dispensa de licitações na cidade de Barbalha, na região do Cariri.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), supostos crimes teriam ocorrido já durante a pandemia de Covid-19.
Cerca de R$ 1 milhão seria a soma de recursos públicos envolvidos nas dispensas de licitação investigadas na operação.

A operação foi deflagrada pela Polícia Civil na última terça-feira, 17, mas foi divulgada só nesta sexta-feira, 20. Foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão contra um grupo de empresários da região.

Conforme a pasta, foram apreendidos materiais nas cidades de Barbalha, Juazeiro do Norte e Crato. Documentos, aparelhos celulares e equipamentos de informática como computadores e notebooks foram coletados por equipes da Polícia Civil.

“As investigações identificaram indícios de fraude em dispensas de licitações realizadas para aquisição de material de higiene, equipamentos de proteção individual, serviços de propaganda e contratação de empresa para montagem de stand de drive thru para atendimento à população”, diz a SSPDS em nota.

A SSPDS diz que entre os indícios de fraudes verificados estão a escolha de empresas de um mesmo grupo familiar antes mesmo da instauração de processos de licitação. Além disso, foram verificadas empresas de “fachada” sem empregados e bens, apresentação de propostas de cobertura e montagem de processos de dispensa de licitação.

A Polícia Civil segue investigando o caso e afirma que a população pode contribuir repassando informações que colaborem com os trabalhos policiais.

É possível denunciar pelo (88) 3102-1196, da Delegacia Municipal de Barbalha. Outro contato é o 181, do Disque Denúncia da SSPDS. O sigilo e o anonimato são garantidos, diz a pasta.

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Fonte: O Povo Online

Postar um comentário

0 Comentários