Jarid Arraes, do Cariri, está entre finalistas do Prêmio Jabuti 2020


O Prêmio Jabuti divulgou a lista das obras finalistas para sua 62ª edição do evento nesta quinta-feira (5). Entre as diversas categorias do eixo Literatura, Jarid Arraes segue na competição com o título “Redemoinho em Dia Quente” (Alfaguara, 2019), na categoria Conto. Dos seis cearenses indicados na primeira seleção, a escritora do Cariri foi a única a continuar na lista. Os vencedores do prêmio serão divulgados no dia 26 de novembro. 

Na obra, Jarid reúne histórias plurais sobre mulheres brasileiras que não se encaixam em padrões esperados. Desafiando as expectativas, as mulheres do Cariri cearense compartilham vivências e experiências que misturam crítica social, realismo e fantasia. 
Em 2019, o livro foi vencedor do prêmio APCA, concedido pela Associação Paulista de Críticos de Arte. 

Confira a lista completa: Eixo Literatura Conto Gosto de amora, de Mário Medeiros; Passagem estreita, de Divanize Carbonieri; Redemoinho em dia quente, de Jarid Arraes; Sombrio Ermo Turvo, de Veronica Stigger; e Urubus, de Carla Bessa.

CrônicaDiário do Bolso – Os 100 primeiros dias, de José Roberto Torero; Ildefonso Juvenal da Silva: um memorialista negro no Sul do Brasil, de Fábio Garcia; Notas sobre a fome, de Helena Silvestre; O dia em que achei Drummond caído na rua, de Marcelo Torres; e Uma furtiva lágrima, de Nélida Piñon.

Histórias em Quadrinhos Fujie e Mikito, de Marcelo Costa e Yuri Andrey; O obscuro fichário dos artistas mundanos (1934-1958), de: Clarice Hoffmann, Abel Alencar, Maurício Castro, Greg, Paulo do Amparo e Clara Moreira; Os olhos de Barthô, de Orlandeli; Roseira, medalha, engenho e outras histórias, de Jefferson Costa; e Silvestre, de Wagner Willian.

InfantilDa minha janela, de Otávio Júnior; Fios, de Christiane Nóbrega; Lá no meu quintal – O brincar de meninas e meninos de Norte a Sul, de Gabriela Romeu e Marlene Peret; O fabuloso professor Fritz e a menina das pétalas amarelas, de Alexandre Rathsam; e O ovo de Pégaso, de Arthur Warren e Janaina Tokitaka. 

JuvenilA rede florida, de Graziela Bozano Hetzel; Benjamina, de Nelson Cruz; Caleidoscópio de vidas, de João Anzanello Carrascoza; Palmares de Zumb, de Leonardo Chalub; e Rabiscos, de Luís Dill.
PoesiaLutar é crim, de Bell Puã; O desvio das gentes, de Pádua Fernandes; Rosa que está, de Luci Collin; Solo para vialejo, de Cida Pedrosa; Vida aberta – Tratado poético filosófico, de W. J. Solha.

Romance de EntretenimentoA telepatia são os outros, de Ana Rüsche; Olhos bruxo, de Eliezer Moreira; Serpentário, de Felipe Castilho; Uma mulher no escuro, de Raphael Montes; Viajantes do abismo, de Nikelen Witter.
Romance LiterárioCarta à rainha louca, de Maria Valéria Rezende; Essa gente, de Chico Buarque; Marrom e amarelo, de Paulo Scott; Todos os santos, de Adriana Lisboa; e Torto arado, de Itamar Vieira Junior.

Foto: Arquivo pessoal

Fonte: Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários