PM recupera aproximadamente R$ 50mil reais em ouro roubado de joalheria em Juazeiro


As equipes do motopatrulhamento da 1ª Cia/2ºBPM de Juazeiro do Norte durante a Operação denominada de “Centro Seguro” prenderam na manhã desta sexta-feira (18), dois homens suspeitos de envolvimento num assalto a uma joalheria que funciona na rua Delmiro Gouveia, 225 na área comercial da cidade.

O crime chegou ao conhecimento da polícia por volta das 11 horas através do proprietário do comércio, Luiz Ivan cândido Farias, de 60 anos. Segundo a polícia, o comerciante relatou que um indivíduo não identificado usando capacete preto e blusa verde chegou ao local em moto Yamaha Fazer Preta e rendeu o mesmo levando a quantia de aproximadamente 50 mil em ouro, saindo seguindo destino ignorado.

De posse da informação o policiamento se dirigiu a uma joalheria vizinha onde havia algumas câmeras, e nessas filmagens foi possível visualizar a imagem do indivíduo no momento do assalto, porém foi observado que a placa do veículo usado no delito havia sido adulterada com fitas. Com a ajuda de um dos operadores de plantão na Ciops Juazeiro, foram feitas várias pesquisas com as placas mais parecidas conseguindo êxito, em identificar a placa da referida motocicleta, a OSG-0368.

Na sequencia os militares das equipes MP 05 e MP 06 foram até o endereço da proprietária da moto, Cristina Leite Bezerra, de 31 anos no bairro Pirajá onde um irmão da mesma informou onde era local de trabalho dela, uma joalheria no centro da cidade. Os PMs se deslocaram ao trabalho da mulher, onde a mesma disse que no momento do assalto havia emprestado seu veiculo a um irmão do seu patrão que também é funcionário da empresa onde trabalha, o indivíduo de nome Jose Élcio de Souza, de 40 anos residente na Rua Senadora Maria Alacoque Bezerra de Menezes, 13, Bairro Santo Antônio, porém o mesmo já havia deixado sua motocicleta no local e saído em outra.

Diante das informações uma equipe do motopatrulhamento militar foi ao endereço de Élcio, mas ele não se encontrava. Outra patrulha PM ficou esperando que o homem retornasse, e após algumas horas o suspeito voltou sendo abordado pelos policiais. Os militares ao realizarem busca pessoal em Élcio, encontraram no bolso dele, três pepitas de ouro, ocasião em que o acusado assumiu que se tratava do ouro roubado na joalheria.

De acordo o registro policial, Élcio conversou ter pego a moto da funcionária da empresa do seu irmão sem ela saber para que se tratava, e entregou o veiculo a Lucas Maranhão Idelfonso de Souza, 18 anos, residente Rua Das Flores, 661, bairro Santa Tereza, que segundo ele, possivelmente teria sido o autor do assalto, o qual posteriormente devolveu a moto pra ele que em seguida pegou as peças em ouro e guardou na casa de um conhecido seu, de nome José Luiz, onde fundiu algumas peças e deixou outras guardadas.

Os militares durante a conversa com Élcio, o celular dele tocou e após o mesmo atender, Lucas ligou perguntando “se tinha dado certo, e quando ele iria deixar a parte dele”, ocasião em que Élcio afirmou ir deixar a metade do roubo na residência do comparsa naquele momento.

As equipes MPS 05 e 06 as viaturas CP 75, CP 80 do policiamento Ostensivo Geral (POG), e a composição da BPMA 50134 se deslocaram para a residência de José Luiz onde apreenderam o restante das peças em ouro, e em ato contínuo se dirigiam a casa de Lucas onde foi fechado o cerco policial. Lucas ao avistar as guarnições militares, tentou fechar a porta e correr, porém não obteve êxito.

Na residência foi encontrada uma porção de cocaína em um prato. O mesmo afirmou que estava consumindo a droga. Lucas ainda ameaçou os policiais e resistiu a prisão e desacatando os militares, mas acabou preso e conduzido junto com o Élcio e as demais partes envolvidas, à delegacia regional de Polícia Civil de Juazeiro do Norte para os devidos procedimentos.

FOTO: REDES SOCIAIS
Fonte: Caririceara.com

Postar um comentário

0 Comentários