Passageiros desembarcam duas vezes e ficam sem voo após defeito em avião no aeroporto de Juazeiro do Norte


Passageiros relatam que ficaram sem voo após uma aeronave apresentar problemas no Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, em Juazeiro do Norte, no interior do Ceará, na manhã deste sábado (2). A partida estava prevista para 5h10 de Juazeiro, e o pouso, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, para 6h15. Até as 9h35 deste sábado, dezenas de passageiros estavam no local em busca de uma solução da empresa.

A Gol informou, em nota, que o voo G3 1955 foi cancelado por conta de uma “manutenção não programada na aeronave”. A empresa informou que os passageiros estão sendo acomodados nos próximos voos e lamentou os transtornos e disse que os clientes estão recebendo a assistência necessária.

Os passageiros disseram ao G1 que chegaram a embarcar duas vezes, mas tiveram que descer, a pedido da companhia aérea, para uma peça ser consertada. Segundo uma passageira, na primeira vez foram 20 minutos de espera dentro do avião; na segunda, mais de duas horas.

“Desde 4 horas da manhã que a gente embarca e desembarca. Primeiro ficamos 20 minutos no avião e eles pediram para descer a gente descer, pois, uma peça precisava ser consertada. Informaram que o problema foi resolvido, subimos de novo, ficamos mais de duas horas, eles pediram para a gente descer de novo e agora estamos aqui”, disse a professora Laudecy Ferreira, que mora em Fortaleza e estava em Juazeiro visitando parentes.

Conforme a professora, funcionários da companhia informaram aos passageiros haverá voo disponível somente na segunda-feira (4). “Isso é um absurdo, tem gente que está com criança, gente que vai perder prova, que vai perder seus compromissos”, disse.

O influenciador digital paulista Iago Lesser afirma que, por conta da aeronave não ter decolado, perdeu as conexões que faria para chegar a São Paulo. “Estava na cidade de Souza, na Paraíba, e esse aeroporto era o mais próximo. Eu iria de Juazeiro para Fortaleza, onde pegaria um voo com conexão no Rio de Janeiro para chegar em São Paulo. Já perdi os outros voos e não sei como vai ficar”, relatou.

Ainda segundo Iago, a companhia ainda não conseguiu hospedagem para todos os passageiros e orientou que as pessoas que moram ou possuem parentes na cidade procurem esses locais para ficar. “O dinheiro que eu planejei para a viagem já acabou e não tenho como ficar aqui”, lamentou.

Foto: Arquivo pessoal

Fonte: Portal G1 CE

Postar um comentário

0 Comentários