Nego Di bate recorde de rejeição do ‘BBB’ com 98,76%; veja lista com maiores rejeições do programa


O comediante Nego Di foi eliminado do “BBB21” nesta terça (16) com 98,76% dos votos e, com essa porcentagem, bateu o recorde de rejeição de todas as edições do reality.

Ao ser eliminado em um paredão contra Sarah e Fiuk, Nego Di quebrou um recorde duplo: a maior rejeição total e a maior rejeição para paredões triplos.

O comediante passou a ser considerado um dos “vilões da edição” pelo público quando abandonou Lucas Penteado, seu primeiro aliado na casa. Os dois venceram as duas primeiras provas do programa juntos, incluindo a que deu a primeira liderança para ele, e mesmo assim o vetou de participar da prova na semana seguinte.

Nego Di também se aliou a outros participantes considerados vilões no “BBB21” e fez comentários considerados ofensivos a outros participantes.

Antes desta terça, a participante Aline Cristina, do “BBB5”, manteve a posição de mais rejeitada do programa por 15 anos. Ela saiu da casa com 95% dos votos em uma disputa contra Grazi Massafera. Aline foi considerada falsa e fofoqueira pelo público.

A quinta edição teve outra eliminação acima da casa dos 90%: o médico Rogério, conhecido como Dr. Gê, saiu com 92%. Ele foi considerado o “vilão” do programa.

A segunda maior rejeição foi a de Patrícia Leitte, em 2018. Ela saiu com 94,26%, depois de protagonizar uma briga com Gleici, campeã do “BBB18”. Patrícia detinha o recorde de votação para um paredão triplo.

Outras duas participantes da edição de 2018 estão no TOP 10 de rejeições do “BBB”: Nayara, com 92,69%, e Ana Paula, com 89,85%.

Postar um comentário

0 Comentários