Preocupado, Guedes busca Lira e ouve que crise política não atrapalhará pauta


O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), passou a manhã desta quinta-feira (18) em conversas com integrantes do governo para tranquilizá-los sobre o impacto da crise envolvendo a prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) nas votações do Congresso.

Além do encontro com o presidente Jair Bolsonaro no Palácio da Alvorada, Lira conversou hoje cedo com o ministro da Economia, Paulo Guedes. Segundo relatos, o ministro demonstrou preocupação de que a crise envolvendo Silveira afete a aprovação da agenda econômica.

A principal preocupação de Guedes é com a PEC do Pacto Federativo, que ainda tramita no Senado. É por meio dessa proposta que o chefe da equipe econômica quer aprovar a cláusula de calamidade e as compensações que permitam o pagamento de uma nova rodada do auxílio emergencial.

De acordo com relatos, o presidente da Câmara disse a Guedes que o caso de Daniel Silveira “não atrasará” a votação das matérias econômicas. Lira afirmou ainda que pretende resolver o imbróglio envolvendo o deputado bolsonarista até o final desta semana.

Na Câmara, há um movimento para que a eventual votação sobre a prisão de Silveira só aconteça no plenário da Câmara nesta sexta-feira (19), e não nesta quinta-feira, como previsto. O martelo será batido na reunião de líderes hoje à tarde, após a audiência de custódia do deputado.

Além do encontro com integrantes do governo, Lira se reunirá às 18h30 desta quinta-feira com o presidente do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux. O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), também participará. Segundo auxiliares, a reunião estava marcada desde a semana passada.

📸 Lorena Amaro

Fonte: CNN Brasil

Postar um comentário

0 Comentários