Vítimas de violência doméstica recebem cestas básicas em Crato


Mesmo atravessando um período de grande tensão social, e que se intensificou por conta da pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura do Crato, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social (SMTDS), realizou na manhã da segunda, 22, na Escola Círculo Operário, a entrega de cestas básicas a mulheres vítimas de violência doméstica. Todas são acompanhadas pelo Centro de Referência da Mulher (CRM) do município.

A Secretaria Executiva de Políticas para as Mulheres, órgão da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos, destinou 150 cestas que serão entregues ao público a que se destina.

O Conselho Cearense dos Direitos da Mulher (CCDM) acompanhou a entrega de cestas básicas para mulheres em situação de violência. Para a conselheira Janaína Fernandes, Coordenadora da Comissão de Interiorização de Conselhos do CCDM, a iniciativa foi maravilhosa, além de gratificante acompanhar a entrega das cestas e perceber que as mulheres estão recuperando a sua dignidade e rompendo com o ciclo de violência, com o acompanhamento do Centro de Referência da Mulher”.

Na ocasião, a primeira-dama do município, Aldalice Pinheiro, parabenizou as mulheres pela coragem em procurar ajuda, e destacou a importância da denúncia e do acompanhamento às vítimas de violência doméstica. “Fico muito feliz por elas terem tido a coragem de falar, de denunciar. Isso faz toda a diferença no combate a essa violência que atinge tantas mulheres, principalmente agora com essa pandemia”, disse.

Em sua fala, a Secretária Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social (SMTDS), Ticiana Cândido, destaca o trabalho que o CRM realiza, da assistência ofertada às mulheres vítimas de violência. “Hoje aqui não estamos distribuindo somente alimentos, estamos conversando com as mulheres e mostrando que o CRM recebe esse público que vive em situação de vulnerabilidade social e vítimas de violência. E que o equipamento continua atendendo mesmo com a pandemia”, ressalta. Esteve presente na ocasião, a Coordenadora do Centro de Referência da Mulher, Audilene Fernandes.

📸 Divulgação Ascom Crato

Fonte: Ascom Crato

Postar um comentário

0 Comentários