Tecnologia permite monitoramento das águas do PISF no caminho do Castanhão


A Secretaria dos Recursos Hídricos e suas vinculadas Cogerh e Funceme desenvolveram um mapa digital que realiza, em tempo real, o monitoramento das águas do Projeto de Integração do São Francisco em seu percurso até o açude Castanhão. O monitoramento ajuda a otimizar os processos de decisões e tomar conhecimento das perdas.

Segundo o secretário dos Recursos Hídricos, Francisco Teixeira, o monitoramento de águas por tecnologia é uma ação que o sistema hídrico do Ceará está cada vez mais adepto. “A gestão hídrica do nosso Estado vem trabalhando com tecnologia em várias ações e o resultado é cada vez mais positivo. Através do mapa digital nós conseguimos saber o quanto de água sai e o quanto de água chega em cada medidor instalado, assim descobrimos as perdas e conseguimos ter tempo para consertar caso algum problema aconteça”.

Ao longo do percurso das águas, que vai do KM 53 do Cinturão das Águas – CAC até o açude Castanhão, passando pelo Riacho Seco, Rio Salgado e Rio Jaguaribe, estão instalados 14 seções de medição de vazão, que ajudam no monitoramento da vazão e do percurso.

“As seções estão instaladas em pontos estratégicos, como por exemplo em passagens molhadas e embaixo de pontes, pois são locais de mais instabilidade, onde a água consegue ficar mais “plana”, ajudando na mais exatidão da informação. Além dos nossos medidores, existem mais alguns que foram instalados pela ANA – Agência Nacional de Água, que também ajuda nesse monitoramento”, explica Teixeira.

As seções de monitoramento estão instaladas em: CAC 1, CAC 2, Coité, Missão Velha, Sítio Lapinha, Ingazeiras, Sítio Santa Cruz, Aurora, Lavras da Mangabeira, Juazeiro, Icó, Cruzeirinho, Mapuá e Jaguaribe. Pelo monitoramento, nesta quarta-feira (3/3), as águas já haviam percorrido um total de 133,3km em leito de rio e 53,4 km em canal.

O monitoramento, realizado através da plataforma Google, pode ser feito por mapas, satélite ou relevo e conta com informações gerais da transferência de água, como seções, trechos percorridos, trechos a percorrer, eixos de transferência, reservatórios e divisas.

Serviço

Monitoramento das águas do PISF no caminho do Castanhão

Link: https://goo.gl/maps/Q7ryqbiGoerXeT2VA

📸 Marina Filgueiras – Ascom SRH 

Fonte: Governo do Ceará

Postar um comentário

0 Comentários