Harvard aponta Ceará como exemplo de isolamento social na pandemia


Um estudo, realizado pela Revista Science, da Universidade de Harvard, apontou o Ceará como exemplo na medida de isolamento social no combate à pandemia do novo coronavírus. A informação foi divulgada pelo prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), durante transmissão nas redes sociais neste domingo, 18. O gestor, que acompanhou a campanha de vacinação na Capital durante esta manhã ao lado da titular da Secretaria Municipal da Saúde, Ana Estela Leite, também explicou o motivo da vacinação não estar ocorrendo para pessoas de 60 anos.

O artigo internacional, que mapeou detalhadamente a disseminação da Covid-19 no Brasil entre março e outubro de 2020, foi divulgado na última quarta-feira, 14. Ele foi produzido por dez dez cientistas e coordenado pela demógrafa Márcia Castro, professora associada da Universidade de Harvard.

O estudo destaca que, entre junho e agosto, o Ceará e outros oito estados tinham incidência de mortes mais forte que de casos e aponta diferentes índices de interiorização da doença. O artigo cita que o “caos político” do Rio de Janeiro impactou em uma resposta efetiva à doença e compara a resposta do RJ com a do Ceará.

“Em contraste, embora o Ceará também tenha experienciado um quase colapso no sistema hospitalar entre abril e maio, e tenha circulação indetectada do vírus por mais de um mês antes de o primeiro caso ser oficialmente confirmado, foi o 6° na interiorização de casos, mas o antepenúltimo na interiorização de mortes”, informa a pesquisa. De acordo com o estudo, “mesmo com a circulação do vírus, as ações locais foram bem-sucedidas em prevenir mortes”.

Vacinação em Fortaleza

Durante a transmissão ao vivo do prefeito de Fortaleza, as explicações sobre a falta de vacinação para pessoas de 60 anos na Capital foram apontadas. De acordo com a titular da Secretaria Municipal da Saúde, Ana Estela Leite, a imunização deste grupo ainda não ocorreu em virtude da quantidade de vacinas. Ela destacou que as doses que estão chegando na Capital estão sendo direcionadas para aplicação da segunda dose da vacina contra Covid-19.

📸 Fabio Lima/ O Povo

Fonte: O Povo Online

Postar um comentário

0 Comentários