165 cidades do Ceará recebem segunda remessa do vale-gás


O governo do estado do Ceará entregou a 165 cidades do Ceará a segunda remessa do Vale Gás Social, que vai beneficiar mais de 125 mil famílias em situação de vulnerabilidade social. A distribuição dos tíquetes às prefeituras começou na terça-feira (4) e segue nesta quarta-feira (5). Na ocasião, ocorre a assinatura de um termo de compromisso entre a Secretaria da Proteção Social e os poderes municipais.

São contemplados com o benefício os municípios das regiões Metropolitana, do Cariri, Centro-Sul, Litoral-Leste, Oeste e Norte, Maciço de Baturité, Sertão Central, Vale do Jaguaribe, Sobral, Sertão de Canindé, Litoral Norte, Serra da Ibiapaba, Sertão dos Inhamuns e Sertão de Crateús.

Conforme a titular da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), Socorro França, o vale-gás beneficia mais de 200 mil famílias em todo o Estado.

“Estamos dando continuidade a esta ação que iniciou ainda no mês de abril e que está beneficiando um total de 255.577 famílias em todo o Estado do Ceará. Mais do que levar o gás de cozinha, nós estamos possibilitando que estas famílias possam investir em uma diversidade maior de alimentos na mesa e possam seguir cumprindo o isolamento social com os cuidados necessários”, disse.

Como receber o vale gás

Para receber o vale é necessário apresentar documento oficial com foto e comprovante de endereço. Os vales só serão entregues no dia e local agendados previamente. Portanto, o beneficiário só deve ir ao local no dia e turno confirmados, para evitar aglomerações. O uso de máscara de proteção é obrigatório.

Com o vale-gás em mãos, o beneficiário pode ir à revenda da Nacional Gás mais próxima ou ligar para o canal de atendimento da empresa: 0800.7021200 e 0800.7021300. Para receber a recarga, é preciso estar com um botijão vazio e com o vale-gás preenchido. O tíquete deverá ser entregue ao revendedor.

Estão sendo contempladas com o Vale Gás Social as famílias beneficiárias do Cartão Mais Infância Ceará; inseridas no Cadastro Único (CadÚnico) e atendidas pelo Programa Bolsa Família, com renda per capita igual ou inferior a R$ 89,34; e os jovens participantes do Programa Superação.

Foto: Divulgação

Fonte: Portal G1 CE

Postar um comentário

0 Comentários