Armas e drogas são apreendidas em ação da Polícia Civil em Juazeiro do Norte


Uma ofensiva coordenada pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) culminou, nessa sexta-feira (30), nas apreensões de mais de um quilo de drogas, além de três espingardas artesanais. O material foi retirado de circulação, após cumprimento de um mandado de busca e apreensão em desfavor de um homem, investigado pela comercialização dos ilícitos em Juazeiro do Norte. O suspeito foi conduzido à delegacia onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo.

Os trabalhos policiais iniciaram a partir de investigações acerca da comercialização de entorpecentes na região do bairro Tiradentes, dosse do endereço onde acontecia a prática criminosa, as autoridades policiais solicitaram o mandado de buscas e apreensão, que foi expedido pela 2° vara da Comarca de Juazeiro do Norte, e cumprida na tarde de ontem (30). Os agentes diligenciaram até o imóvel e foram recebidos por um homem identificado como Rafael Anacleto Moreira (28), vulgo “Grandão”.

O investigado, que já possui antecedentes criminais por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo e confirmou sua participação direta na comercialização dos ilícitos. Com ele, enterrados no quintal da casa, os policiais encontraram cerca de um quilo de crack, 114 gramas de cocaína, três espingardas artesanais, pequenas quantidades de maconha, munições variadas, além de balanças de precisão.

O material e “Grandão” foram conduzidos à sede do Núcleo de Combate ao Tráfico de Drogas (NCTD) da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte. Na especializada, ele foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e porte irregular de arma de fogo.

Denúncias

A Polícia Civil ressalta que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número (88) 99861-6987, que é o WhatsApp do Núcleo de Combate ao Tráfico de Drogas (NCTD) do Cariri, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem de áudio, de texto ou vídeo. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Foto: Divulgação

Fonte: @civil.juazeiro

Postar um comentário

0 Comentários