Feiras livres no Ceará podem funcionar com 50% da capacidade a partir de segunda


O decreto com medidas contra a Covid-19, publicado neste sábado (26) no Diário Oficial do Estado (DOE), regulamenta o funcionamento de feiras livres no Ceará a partir da próxima segunda-feira (28). Estes espaços vão poder funcionar com 50% da capacidade, de acordo com o documento. Nesta sexta-feira (25), a região do Cariri foi incluída nas flexibilizações.

O texto do decreto estabelece o “funcionamento de feiras livres, obedecidos o distanciamento mínimo, inclusive entre os box de venda, a capacidade máxima de 50% (cinquenta por cento), além das medidas sanitárias previstas em protocolos”.

Nesta sexta, o governador Camilo Santana liberou aulas presenciais no ensino superior e feiras livres; e anunciou a inclusão da região Cariri, onde os casos de Covid-19 ainda cresciam de forma acelerada e agora controlou o avanço da pandemia, na flexibilização econômica.

Resumo das medidas:

feiras livres passam a ser liberadas;

aulas presenciais de ensino superior são liberadas;

região do Cariri passa a ter as mesmas regras da flexibilização econômica das demais regiões;

novos decretos passam a valer pelo período de duas semanas;

O decreto entra em vigor na segunda-feira e terá validade de duas semanas, assim como as medidas que serão divulgadas em decretos posteriores. Desde o início da semana, os decretos tinha vigência de uma semana e eram atualizados a cada sete dias.

Redução nos casos e mortes por Covid

Conforme o governador Camilo Santana, os dados da pandemia no Ceará nas últimas semanas são favoráveis e apontam redução nos novos da doença, mortes e procura por leitos de UTI.
“Os números têm cada dia melhorado, mas com muito alerta, muita cautela. Temos visto vários estados com aumento dos casos. Estamos cada vez mais perto de vacinar a população do Ceará e retornar à tão querida normalidade”, disse o governador.

“O Ceará tem realmente reduzido a positividade dos exames da Covid-19. De cada 10 exames, apenas dois dão positivos. Já vinham caindo em todas as regiões menos no Cariri e agora caíram também no Cariri”, completo o secretário da Saúde, doutor Cabeto.
Cenário da pandemia no estado:

O nível de positividade dos exames caiu. De cada 10 exames, dois dão positivo, ou seja, está em torno de 20%;

Queda no atendimento nas UPAS, queda no atendimento de pacientes internados em UTIs e enfermarias;

Houve redução o número de óbitos; são menos de 10 por dia, o que significa uma estabilidade no controle da pandemia;

Busca por atendimento

Conforme o secretário da Saúde, houve queda na busca por atendimento relativos à pandemia e também nas mortes provocadas pela Covid-19.
“Neste mês temos praticamente a metade da procura que tivemos no mês passado, e o que é melhor: são casos mais moderados, em pessoas idosas já vacinadas ou em pessoas mais jovens. Houve também redução nas mortes.”
“O estado do Ceará está entre os que melhor fez o isolamento, isso se deve a uma contribuição da sociedade”, completou o secretário.

Foto: Helene Santos/SVM

Fonte: Portal G1 CE

Postar um comentário

0 Comentários