Fiocruz ultrapassa 60 milhões de doses de vacina entregues ao governo


A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) já entregou mais de 60 milhões de doses da vacina contra a Covid-19, fabricadas em parceria com a AstraZeneca, ao Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde. 
Na sexta-feira (25), a Fiocruz enviou mais de 4,1 milhões de doses da vacina produzida em Bio-Manguinhos. Desse montante, 217 mil doses foram destinadas à Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro.

Até o dia 23 de julho, as entregas semanais de vacinas ao PNI estão garantidas, segundo a instituição.

A Fiocruz ainda negocia o adiantamento de novos lotes de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) importado, mas até agora não houve sinalização da farmacêutica AstraZeneca. De acordo com o calendário da instituição, somente a partir de outubro serão entregues as doses do imunizante contra o novo coronavírus 100% nacionais.

Das 62,9 milhões de doses fornecidas até agora, 58,9 milhões foram produzidas a partir do IFA importado. Outros 4 milhões foram compradas prontas do Instituto Serum, da Índia. 
A Fiocruz ainda aguarda a liberação de mais 6 milhões de doses prontas da Índia. No entanto, devido ao agravamento da pandemia no país asiático, a exportação das vacinas foi suspensa e, por enquanto, não há uma previsão de entrega dessas doses.

De acordo com os dados do Monitora Covid-19 da Fiocruz, até este sábado (26), aproximadamente 70 milhões de pessoas (70.113.641) receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 – isso representa 43,8% da população acima de 18 anos.
 
Já o percentual da população imunizada com as duas doses da vacina corresponde a 15,86%, o que equivale a pouco mais de 25 milhões de pessoas.

Foto: Tânia Rêgo – 27.jan.2021/Agência Brasil

Fonte: CNN Brasil

Postar um comentário

0 Comentários