Policial militar afastado é encontrado após seis dias desaparecido em Croatá


O policial militar afastado Danilo Fernandes, de 40 anos, foi encontrado em Croatá, após seis dias desaparecido, na manhã desta terça-feira (8). A informação foi confirmada pela irmã dele, Gilza Fernandes.

Danilo desapareceu em 2 de junho, em Fortaleza, e causou a mobilização de familiares para encontrá-lo desde então. Gilza afirmou que falou com o policial nesta manhã e que ele foi encontrado por policiais do comando de Croatá.

“Inclusive até conversei com o Danilo. Ele foi encontrado mesmo”, afirmou a irmã. A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) também conformou que ele foi achado. Detalhes sobre onde estava e seu estado de saúde não foram informados. 

O sumiço de Danilo foi comunicado por uma das irmãs dele, que chegou a ir à residência onde ele morava para arrumar o local. Por volta das 22h30 do dia 2, no entanto, o policial não voltou para a casa no bairro Henrique Jorge.
A maior preocupação, segundo Gilza Fernandes, seria a depressão diagnosticada de Danilo, que deu sinais de melhora nos últimos tempos.

O quadro, ela explica, havia se agravado em 2018, quando os pais dos dois faleceram. A piora teria até mesmo influenciado no afastamento de Danilo das funções policiais há pelo menos dois anos, além de ter causado reforço na medicação controlada por psiquiatra.
O último contato dela com o PM afastado ocorreu em uma reunião familiar. Na ocasião, ele não chegou a demonstrar nenhum tipo de abalo emocional, explica Gilza.

BUSCAS POLICIAIS

O desaparecimento de Danilo é investigado na 12ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
As diligências usaram como base as informações repassadas pelos familiares dele, relatando que Danilo foi visto no último dia 2 de junho, no bairro Henrique Jorge.
A família afirmou que dados das buscas policiais apontam que o carro do agente, que estava afastado das atividades, passou por cidades como Pacatuba, Baturité e Quixadá.

Foto: Arquivo pessoal

Fonte: Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários