Forças de Segurança encerram primeiro semestre com aumento de 80% nas apreensões de drogas no Ceará


Entre janeiro e junho de 2021, as Forças de Segurança do Ceará apreenderam 2,4 toneladas de drogas em todo o Estado. O total de apreensões representa um crescimento de 80% em comparação com o mesmo período do ano passado, quando 1,3 tonelada de entorpecentes foi retirada de circulação, conforme dados compilados pela Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp/SSPDS).

Somente em junho último, houve um aumento de apreensões estimado em 37,2%, quando se compara com o mesmo mês em 2020. As ações de policiais civis e militares, com apoio da tecnologia, culminaram nas apreensões de 505,6 quilos de drogas. No ano passado, foram 368,4 quilos de entorpecentes.

Para Sandro Caron, secretário da Segurança Pública e Defesa Social, a repressão ao tráfico de drogas é a maneira mais eficiente de cortar a principal fonte de renda de grupos criminosos. A descapitalização, segundo o gestor, atinge toda a estrutura criminosa. “O resultado positivo de apreensões de drogas é fruto de muita intensificação das ações de inteligência, que deram amparo ao policiamento preventivo e ostensivo, além das ações de investigação. Sempre estivemos atuando nesse pilar e com essa integração, os nossos policiais civis e militares conseguiram manter a efetividade das ações”, explica o gestor.

O secretário destaca que o crescimento de apreensões de entorpecentes é constante no Ceará. Em 2020, as Forças de Segurança recolheram 8,3 toneladas de drogas das mãos de grupos criminosos, com um crescimento de 67% em comparação com 2019. “Isso mostra que as estratégias adotadas pelo Estado estão dando certo”, pontua Sandro Caron.

Todos os entorpecentes apreendidos em ações realizadas nas cidades cearenses são incinerados. No último dia 25 de junho, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), através da Delegacia de Narcóticos (Denarc), destruiu 846,4 quilos de maconha, 22,4 quilos de crack, 80,5 quilos de cocaína e 70,2 quilos de pó branco utilizado no preparo dos ilícitos, além de 800 comprimidos de ecstasy, 11 selos de dietilamida do ácido lisérgico (LSD), 23 comprimidos psicotrópicos, quatro frascos de lança-perfume, além de cinco mudas de maconha e três tabletes pequenos da mesma droga, em uma cerâmica em Aquiraz, Área Integrada de Segurança 13 (AIS 13) do Estado.

Repressão Contínua

O trabalho ininterrupto das Forças de Segurança do Ceará resultou nas apreensões de 15 quilos de maconha e de 100 gramas de cocaína, na cidade de São Gonçalo do Amarante, Área Integrada de Segurança 23 (AIS 23) do Estado. A ação ocorreu nesta terça-feira (13) pela PC-CE e pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) com o apoio de cães farejadores. O material ilícito estava dentro de uma mala, em um ônibus interestadual. O caso foi encaminhado à Delegacia de Narcóticos (Denarc).

Foto: Divulgação

Fonte: Governo do Ceará

Postar um comentário

0 Comentários