Padre luta contra homem que invadiu igreja e tentou quebrar peça sacra durante celebração em Tururu


Um jovem invadiu uma igreja, tentou quebrar uma peça sacra e entrou em luta corporal com o padre durante uma celebração na Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, na cidade de Tururu, a 120 quilômetros de distância de Fortaleza, na noite desta quinta-feira (1º), por volta das 18h30. Um vídeo mostra o padre orando com os fiéis momentos antes do ataque.

Conforme o padre Márcio André Lima de Cristo, pároco da igreja matriz de Tururu há cerca de quatro meses, ele estava ajoelhado, orando com os fiéis, quando foi atacado pelo suspeito.

“Enquanto eu estava de costas para povo, ajoelhado para o altar orando, senti o rapaz atrás de mim. Ele estava segurando uma folha da [planta] espada-de-são-jorge, fazendo um gesto como se fosse me furar. Depois ele subiu no altar, sentou na cadeira, se molhou com a água benta, apagou as velas e tentou alcançar uma imagem para derrubar”, relembra.

Em seguida, segundo o padre, o homem avançou sobre o ostensório com a hóstia, momento em que o pároco tentou proteger o objeto e houve luta corporal com o suspeito. “Quando ele avançou para pegar ostensório com a hóstia, tive que intervir para proteger o Santíssimo. Tive que travar uma luta corporal com ele para tentar contê-lo. Uns rapazes que estavam fora da igreja olhando a cena me ajudaram e ele foi retirado da igreja, até a chegada da polícia”, disse o padre Márcio.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), um homem de 20 anos, sem antecedentes criminais, foi conduzido pelos agentes para a Delegacia Regional de Itapipoca, onde foi registrado um Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO) contra ele por tentativa de lesão corporal. Ele foi ouvido, liberado e está à disposição da Justiça.

Mensagem da igreja em redes

A informação sobre a ocorrência foi compartilhada na rede social da Paróquia, que informou que no momento da invasão ocorria uma oração e adoração ao Santíssimo, representado pelo ostensório, peça sacra que o invasor tentou usar para agredir o padre e quebrar.
“Nosso padre precisou entrar em luta corporal com o mesmo para defender o corpo de Cristo e tentar impedir que ele causasse mais danos ainda a ele ou aos objetos sagrados. O padre está bem Graças a Deus”, diz um trecho da postagem da paróquia.

Ostensório danificado

O pároco afirmou que durante o ataque do jovem o ostensório caiu e ficou danificado. O objeto sacro foi adquirido pela paróquia há cerca de 8 dias e custou em torno de R$ 5 mil, valor dividido em prestações. “Quebrou a parte onde fica a hóstia, entortou em cima e empenou a parte debaixo. A gente vai tentar ajeitar para não perder”.

Paraense, morando há 16 anos no Ceará, padre Márcio explica que o ostensório é uma peça muito representativa para os católicos. “A coisa mais dolorosa para a gente foi ver o corpo de Cristo jogado ali ao chão”, disse.
De acordo com padre Márcio, a mãe do jovem o procurou para pedir desculpas pelo ocorrido, pois o filho é usuário de drogas. “Ela é uma pessoa muito sofrida. Eles já vieram de Caucaia para Tururu para o jovem tentar melhorar”, relata.

Foto: Divulgação

Fonte: Portal G1 CE

Postar um comentário

0 Comentários