Pastor é preso suspeito de abusar sexualmente de fieis em Crato


Um pastor da Igreja Assembleia de Deus Ministério Pagiel, em Crato, usava a fé de mulheres para praticar abusos sexuais contra elas. A afirmação é da Polícia Civil. O líder religioso, que tem quase 8 mil seguidores nas redes sociais, foi preso nesta quarta-feira (30).

O pastor Daniel Medeiros Batista foi preso no Bairro Vila Alta, por policiais civis da Delegacia de Defesa da Mulher do Crato (DDM) com apoio de inspetores da Delegacia Regional do município. Contra ele havia um mandado de prisão após várias denúncias de crimes sexuais cujas vítimas pertenciam à referida igreja.

Após sua prisão, o religioso foi apresentado a autoridade policial na Delegacia da Mulher para depois dos procedimentos ser encaminhado a cadeia pública de Juazeiro do Norte, onde ficará a disposição do poder judiciário.

Agencia CaririCeara

Postar um comentário

0 Comentários