Menino de 13 anos passa em primeiro lugar no vestibular de administração em universidade do Ceará


Aos 13 anos, Caio Temponi conseguiu ser aprovado em primeiro lugar em administração no vestibular 2021.1 da Universidade Estadual do Ceará (Uece).

É mais um feito na “carreira” do estudante, medalhista de ouro em olimpíada de matemática e dono de um canal no YouTube em que ajuda outros alunos nos estudos. O garoto não se matriculou na Uece, pois quer cursar direito e ser juiz.

De acordo com a mãe, Laurismara Temponi, em 2020, o filho que cursa o 1º ano, também passou em primeiro lugar no exame da Escola Preparatória de Cadetes do Ar (Epcar), em Barbacena (MG), acertando todas as questões. Caio foi o mais novo a passar no concurso da Epcar.

O segredo, segundo a mãe, é a combinação de disciplina e estudos. “Disciplina e estudos. Ele vai ao colégio à tarde e retorna à noite. Pela manhã ele vê aulas de olímpiadas de física e matemática. Essas aulas das olimpíadas não acontecem todos os dias. Fora isso ainda estuda inglês on-line. Tudo com disciplina e dedicação. E ainda dá tempo de brincar”, explica.

Neste ano, Caio também conquistou a medalha de ouro na Olimpíada de Mayo Nível 1 (até 13 anos), competição anual de matemática entre alunos do ensino fundamental e ensino médio. O estudante foi o único brasileiro a levar a medalha dourada desta edição que contou com a participação de 12 países da América Latina. “Caio não foi apenas o único brasileiro com a medalha de ouro como também tirou a maior nota do exame. Foram 44 pontos, enquanto os segundos colocados chegaram a 34 pontos”, destaca a mãe, com orgulho.

Duas dicas de estudos do Caio:

  • Qualidade não é quantidade. Estude de modo que você consiga produzir direito; que você consiga estudar o suficiente, fazer as horas trabalharem a seu favor (veja o vídeo acima);
  • Deixe o celular, de preferência, em outro cômodo para não se desconcentrar e focar mais;

Com apenas 13 anos, Caio coleciona grandes conquistas. A mais recente foi o primeiro lugar no vestibular para Administração na Uece — Foto: Laurismara Temponi/Arquivo Pessoal

Com apenas 13 anos, Caio coleciona grandes conquistas. A mais recente foi o primeiro lugar no vestibular para Administração na Uece — Foto: Laurismara Temponi/Arquivo Pessoal

A família é natural de Três Rios (RJ) e já morou em Juiz de Fora (MG). Depois de quatro anos em Minas Gerais, se mudou para Fortaleza.

Para participar do vestibular da Uece para administração, Laurismara Temponi, explica que o filho pulou três séries. “Para ele participar, ele pulou três séries. Passou por uma entrevista com uma psicóloga. Depois um teste de QI (Quociente de Inteligência) e uma prova de nível de série”.

‘Quero ser juiz federal’

 

Apesar de ter passado para administração, o garoto pretende fazer o curso de direito. O seu sonho é ser juiz federal.

“Eu quero ser juiz federal. Eu não decidi ainda o estado em que vou fazer a prova. Talvez na Universidade de São Paulo (USP) ou por aqui mesmo em Fortaleza. Mas, o que eu quero mesmo é fazer direito”, diz.

 

Caio tem ainda um canal nas redes sociais. Nele, ele ajuda outras crianças e adolescentes em matérias nas áreas de exatas, com resoluções de questões e dúvidas.

“Eu tenho um canal no YouTube. Eu faço resoluções de questões para ajudar as pessoas. Aquelas que não possuem material educativo como apostilas e livros. Aquelas que participam de olimpíadas e questões do dia a dia de escola mesmo. Fico muito feliz em ajudar as pessoas. Me sinto muito realizado”.

 

Caio e os pais em viagem ao Rio de Janeiro. — Foto: Laurismara Temponi/Arquivo Pessoal

Caio e os pais em viagem ao Rio de Janeiro. — Foto: Laurismara Temponi/Arquivo Pessoal

Paixão pelo Flamengo

 

O estudante ama o Flamengo e gosta de jogar xadrez on-line e pingue-pongue com o pai. Mas nem sempre consegue ver os jogos do time do coração, principalmente, os noturnos

“Não vi a partida contra o Grêmio [na quarta-feira, dia 25]. Soube do resultado só no outro dia. Vencemos bem. Não vi porque tinha que dormir cedo para acordar no outro dia mais disposto”, conta, sorrindo.

G1 Ceará

Postar um comentário

0 Comentários