Sputnik V tem contrato de compra de 5,5 milhões de vacinas suspenso pelo Ceará, diz Camilo Santana


O governador Camilo Santana afirmou na tarde desta quinta-feira (5) que o Ceará, junto aos outros estados do Nordeste, decidiu suspender o contrato de compra da vacina russa Sputnik V, que previa mais de 5,5 milhões de doses contra a Covid-19 para o estado.

Segundo o governador a suspensão ocorreu “devido a novas limitações impostas pela Anvisa, do Governo Federal, que desde o começo desse processo tem colocado sucessivas barreiras para a efetivação da importação e uso da vacina”.

Camilo disse ainda que apesar da suspensão do imunizante russo, o governo está buscando formas de adquirir outras vacinas o mais rápido possível ainda mais diante da ameaça da nova variante delta.

“A Sputnik V, que está sendo usada em 69 países e tem eficácia comprovada de 91,6%, seria mais uma vacina para ajudar a salvar a vida de milhares de brasileiros. Diante da lentidão do Governo Federal no fornecimento de vacinas para os estados, temos buscado todas as formas da aquisição direta junto aos laboratórios para acelerar a vacinação, principalmente com a ameaça da nova variante Delta”, diz.

Ressaltou, entretanto, que o estado deve adquirir mais 3 milhões de doses da CoronaVac, por meio de contrato direto com o Instituto Butantan.

Foto: Jorge Bernal / AFP / Fonte: Portal G1 CE

Postar um comentário

0 Comentários