200 Agricultores Familiares do Crato serão beneficiados pelo Programa de Melhoramento Genético


A qualidade genética dos animais é um dos fatores que influencia na produtividade dos rebanhos leiteiros. Pensando nisso, a Prefeitura do Crato, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Agrário e Recursos Hídricos (SMDARH) fará o lançamento do Programa de Apoio ao Desenvolvimento da Pecuária: Melhoramento Genético de Bovinos. O lançamento acontecerá neste sábado, 11, às 8h30, no sítio Bréa, distrito de Dom Quintino e beneficiará 200 agricultores familiares pecuaristas.

A pecuária leiteira do Crato é praticada principalmente por parte dos agricultores familiares, sendo em torno de 6.864 possuidores de DAP (Declaração de Aptidão ao Pronaf), segundo dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento-MAPA (Posição março/2021). Ainda, o município possui cerca de 1.015 produtores e 23.403 cabeças de bovinos, segundo a ADAGRI (Posição maio/2021).

O sucesso de qualquer sistema de produção de leite depende da combinação de alguns fatores, como genética, nutrição e manejo do rebanho, além de saber gerir o próprio negócio. Para melhorar os índices de produção de leite no Ceará, o Governo do Estado, em parceria com alguns municípios têm adotado programas de melhoramento genético do gado de leite.

De acordo com o Secretário de Desenvolvimento Agrário e Recursos Hídricos do Crato, Carlos Freires, uma das causas que podem prejudicar a produtividade do gado de leite é a baixa qualidade genética dos animais. Isso acontece, em grande parte, porque a maioria dos pecuaristas desconhece ou têm pouco conhecimento sobre os conceitos do melhoramento genético, ou ainda têm dificuldades de colocá-los em prática.

Para os 200 agricultores familiares e pecuaristas do Crato, que serão beneficiados com o Programa de Melhoramento Genético de Bovinos, essa é uma oportunidade de fortalecer seus rebanhos, melhorar a qualidade do leite e da carne, ajudando a aumentar a renda, produtividade e lucratividade. Após o lançamento, os produtores interessados em participar do programa, devem fazer procurar a SMDARH para realizar o cadastro e treinamento técnico-prático.

Foto: Divulgação / Fonte: Ascom Crato

Postar um comentário

0 Comentários