700 empresas já se cadastram em programa que vai pagar metade de salário mínimo de trabalhadores no Ceará


Mais de 700 empresas já se cadastraram no programa “Mais Empregos Ceará”, do Governo do Estado, até o meio-dia desta sexta-feira (10). De acordo com o poder estadual, só esses empreendimentos gerarão mais de mil novos postos de trabalho, com a parceria.

O cadastramento está liberado desde o dia 6 de setembro e deve ser feito de forma online pelo portal maisempregos.ce.gov.br.

O Programa foi criado pelo Governo do Estado com a intenção de movimentar a economia a partir da ajuda na contratação de 20 mil trabalhadores. A ideia é que o governo pague metade do salário mínimo dos novos empregados por um período de 180 dias. Depois disso, as empresas devem reter o funcionário por, no mínimo, 90 dias.

Para o governador Camilo Santana (PT), o programa “é uma forma de também apoiar os setores que foram bastante afetados durante essa pandemia por conta das restrições sanitárias”. O investimento do estado para viabilizar o “Mais Empregos” é de R$ 66 milhões.

O programa contempla empreendedores individuais, micro e pequenas empresas, desde que enquadrados na faixa de receita bruta anual em conformidade com a legislação federal. Terão prioridade empresas que contratarem profissionais formados nas Escolas de Ensino Profissional, empresas do segmento de alimentação fora do lar (incluindo bares e restaurantes) e eventos.

Foto: Helene Santos/SVM / Fonte: Portal G1 CE

Postar um comentário

0 Comentários