Ceará tem 32% da população completamente imunizada contra Covid, 2ª maior taxa do Nordeste


O Ceará tem a segunda maior taxa de pessoas imunizadas contra a Covid-19 no Nordeste, segundo informações do consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

De acordo com o levantamento, 32,78% da população está totalmente imunizada. O estado só fica atrás do Rio Grande do Norte que vacinou 34,94%. O consórcio aponta que também que foram imunizadas no estado nas últimas 24 horas, entre quarta e quinta-feira (15 e 16) 54.932 pessoas.

No quesito número de vacinas aplicadas na 2ª dose ou dose única, o Ceará aplicou 3.028.754 doses da vacina. No Nordeste fica atrás apenas da Bahia que aplicou 4.705.780 doses e Pernambuco com 3.003.062 aplicações.

Vacinação de adolescentes mantida

Os adolescentes entre 12 e 17 anos do Ceará que não têm comorbidade vão continuar sendo vacinados contra Covid-19 no Ceará. A decisão foi tomada nesta quinta-feira em reunião extraordinária da Comissão Intergestores Bipartite (CIB-CE), que reúne secretarias municipais e governo do estado.

Nesta quarta-feira (15), o Ministério da Saúde publicou uma nota informativa em que volta atrás sobre a vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos sem comorbidades. Contudo, a decisão estadual decidiu não acatar a orientação ministerial.

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) informou que a Pasta e o Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Estado (Cosems-CE) apoiam o posicionamento do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) de cobrar posicionamento da Agência Nacional de Vigilância Sanitária sobre a autorização de uso do imunizante Pfizer no público entre 12 e 17 anos com ou sem comorbidade.

Sem registros de eventos adversos

O Ceará já vacinou 196.83 adolescentes, sem registros de eventos adversos pós-vacinação (EAPVs) graves. A Sesa reforça o entendimento que a imunização desse grupo é fundamental para as metas de diminuição de circulação viral e consequentemente abrandamento dos efeitos da pandemia e prosseguimento do plano de retomada das atividades econômicas no Ceará.

Foto: Thiago Gadelha/SVM / Fonte: Portal G1 CE

Postar um comentário

0 Comentários