‘Dever cumprido’, diz cabo da PM que resgatou idoso nos braços de casa em chamas em Fortaleza


O policial militar que retirou um idoso de um incêndio em Fortaleza disse, na manhã desta quinta-feira (9), que seu sentimento é de dever cumprido. O cabo Vieira entrou na casa em meio às chamas e colocou o idoso nos braços. A ação de resgate foi filmada por uma câmera acoplada no corpo do PM. O caso aconteceu em 27 de agosto, e as imagens foram gravadas com uma câmera corporal acoplada.

“Nesses oito anos de polícia foi a primeira vez que eu cheguei em casa com o sentimento de dever cumprido e tendo a certeza que trabalhei, não estando no policiamento norma, ostensivo, mas ajudei para que uma vida não tivesse danos, não tivesse se machucado gravemente ou até uma coisa maior”, afirmou o policial no programa Encontro com Fátima.

Durante a entrevista, cabo Vieira, que faz parte do grupamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (Raio), da Polícia Militar, relembrou o momento que encontrou a residência do idoso pegando fogo.

“A gente avistou essa casa com muita fumaça saindo dela e quando a gente parou a moto e desembarcou já tinha um vizinho pegando um balde e a labareda estava mais o menos na metade do portão. Não conseguimos jogar a água para dentro, pois o portão estava fechado, então rompemos o portão, conseguimos fazer uma passagem entre o fogo e consegui entrar e fazer o resgate”, disse.

‘Herói’

O agente encontrou Jesmiel Vieira de Moraes, de 67 anos, desnorteado em meio a fumaça e retirou o idoso do local nos braços.

“Como tinha fogo na entrada da casa e pela idade e locomoção do seu Jesmiel, foi melhor fazer a retirada dele nos braços, até para ser mais rápido e tirar ele daquela situaçã, que não era uma situação confortável”, relata o cabo.

Jesmiel, que foi socorrido com ferimentos leves, agradeceu ao agente, a quem ele descreve como “herói”.

“Eu só tenho que agradecer a ele e nada mais pelo que ele fez por mim, só tenho a agradecer muito. Porque eu estava ali do outro lado do paredão de fogo, como eu ia passar, como eu ia fazer, nada, só ele mesmo. Não sei nem por onde ele passou nesse paredão de fogo, só sei que ele me pegou lá, tirou, um herói. Bonita a ação, gostei, adorei”, disse o idoso.

Foto: Reprodução / Fonte: Portal G1 CE

Postar um comentário

0 Comentários