Adolescente é apreendido após ameaçar diretora de escola com canivete em Milagres


Um adolescente de 14 anos foi apreendido após ameaçar com um canivete a diretora da escola onde estuda, na cidade de Milagres, na região do Cariri cearense. O fato ocorreu na tarde dessa sexta-feira (22 de outubro), na Escola José Leite Sampaio, localizada na Rua Joviniano Lins Dantas, bairro Das Missionárias.

De acordo com o registro policial, o caso chegou ao conhecimento do destacamento PM do município por volta das 16h00min, através de um professor do estabelecimento de ensino. O denunciante relatou que o aluno de iniciais J.P.A.F de 14 anos, residente no bairro Casa Própria, estava com um canivete ameaçando a diretora do colégio, a professora Maria Alves Agostinho, de 38 anos, além de está danificando a mobília da secretaria da escola.

A guarnição militar composta pelo Sargento Rolim, Soldados Mário e L. Neto foi acionada para atender a ocorrência. No local a professora disse aos militares, ter conversado com o aluno para que ele entregasse o canivete, o que ocorreu depois de muita conversa, mas que tempo depois, o garoto retornou para pegar a arma, e a mesma se negou a entregar o objeto. Diante da recusa da diretora de não entregar o instrumento, o adolescente se alterou e começou a falar em voz alta, empurrando mesa, cadeira, abrindo armário e jogando documentos e pastas no piso, além xingar os funcionários da escola.

A guarnição policial tentou conversar com o adolescente e convencê-lo que cessasse de danificar os objetos da escola, no entanto, o adolescente passou a ofender os militares com palavras de baixo calão e ainda afirmando que a polícia não era de nada. Para evitar que o jovem com sua euforia, praticasse algo prejudicial aos demais alunos ou funcionários da escola, os PMs o contiveram retirando-o da sala de aula.

Logo depois, os militares entraram em contato com o conselho tutelar para acompanhar toda a situação. Na sequência, a diretora da escola apresentou à equipe policial um canivete que, segundo ela, pertencia ao adolescente que estava fazendo uso do instrumento para ameaçá-la, mencionando ainda, que ela teria conseguido tomar do jovem.

Uma equipe do conselho tutelar acompanhou o adolescente e a mãe, que foram apresentados pelos militares na Delegacia Regional de Polícia Civil de Brejo Santo, a delegada plantonista, Dra. Ana Ursulina Tavares Rodrigues, que determinou a lavratura do Ato Infracional, análogo ao crime previsto no art.147 e 163 Código Penal – Decreto Lei n° 2848/40, em desfavor do menor suspeito.

Fonte: Agência Caririceara

Postar um comentário

0 Comentários