Bolsonaro diz ter sido impedido de ir a jogo do Santos por não ter se vacinado


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse neste domingo (10) que foi impedido de ir ao jogo Santos x Grêmio, realizado na Vila Belmiro, na cidade de Santos.
Para entrar no estádio, os torcedores devem apresentar o comprovante de vacinação contra a Covid-19 — o presidente diz não ter se vacinado.

“Por que esse passaporte da vacina, eu queria ver um jogo do Santos agora e me falaram que tem que estar vacinado. Por que isso? Eu tenho mais anticorpos do que quem tomou a vacina”, disse o presidente.

A partir de 4 de outubro, foi permitida a volta do público aos estádios de São Paulo, de acordo as seguintes regras: a ocupação deve ser de 30% de cada setor dos estádios; de 15 de outubro em diante a ocupação poderá ser de 50%; já em 1º de novembro, a expectativa é que os jogos estejam com ocupação completa de torcedores nos estádios paulistas.
O uso de máscara é obrigatório em todos os setores do estádio.

Quem estiver vacinado apenas com a primeira dose pode ir aos estádios, desde que apresentasse um teste antígeno contra a doença com a realização nas últimas 24 horas, ou o teste RT-PCR feito em até 48 horas.

No sábado (9), Bolsonaro visitou a cidade de Peruíbe e foi multado por não usar máscara de proteção obrigatória contra a Covid-19.
O presidente da República está hospedado no Forte dos Andradas, no Guarujá, e na quarta-feira (13), tem agenda oficial em Miracatu, cidade no Vale do Ribeira.

A CNN procurou o Santos Futebol Clube e aguarda retorno. O time paulista ganhou do Grêmio por 1 a 0, com gol de Wagner Leonardo nos acréscimos no segundo tempo. Com o resultado, o Santos pulou para 28 pontos e saiu da zona de rebaixamento, onde o Grêmio está, com apenas 23 pontos, em penúltimo lugar.

Foto: Reuters / Fonte: CNN Brasil

Postar um comentário

0 Comentários