Ceará é o 2º estado com mais projetos sociais selecionados na 19ª edição do programa Amigo de Valor do Santander


O Santander Brasil deu início à 19ª edição do Amigo de Valor, considerada a segunda maior campanha de destinação de Imposto de Renda no Brasil. A expectativa é arrecadar R$ 25 milhões até o dia 26 de novembro, estimulando a sociedade a conhecer e auxiliar 100 projetos sociais, escolhidos em 21 estados do País, um crescimento de 70% no número de iniciativas, que eram 59 no ano passado. Os projetos de 2021-2022 devem beneficiar mais de 12 mil pessoas diretamente.

O Ceará foi o segundo estado com maior número de instituições selecionadas – 13 entre as 100 escolhidas no país. Elas beneficiarão 3.320 cearenses. O Nordeste é a região mais contemplada com 60 projetos.
Todas as iniciativas atuam em linha com o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), e são voltadas para menores em situação de risco social. São abordadas questões como acolhimento, educação profissionalizante, inclusão da criança e do adolescente deficiente, protagonismo de meninas, medidas socioeducativas e práticas socioassistenciais, maus-tratos, álcool e drogas, trabalho infantil e violência sexual.

“O Amigo de Valor é um projeto que nos orgulha muito. São quase duas décadas de dedicação e empenho de equipes inteiras, que se engajam para escolher com muito carinho e critério diversas causas sociais. Fico extremamente feliz de ver que essa mobilização, ano a ano, já foi capaz de auxiliar milhares de crianças e adolescentes, deixando um impacto positivo para a sociedade e, especificamente, em cada história de vida. Juntos, tenho certeza de que vamos auxiliar outros milhares”, celebra Patricia Audi, vice-presidente de Comunicação, Marketing, Relações Institucionais e Sustentabilidade do Santander.

Além de direcionar as doações para os projetos sociais escolhidos pelas áreas de Recursos Humanos e Sustentabilidade do Banco, o Amigo de Valor monitora e apoia, por meio de capacitação e gestão, as entidades selecionadas. Desde seu lançamento, o programa direcionou mais de R$ 160 milhões a 600 ações, entidades e instituições, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida de mais de 54 mil crianças e adolescentes. Somente em 2020, arrecadou R$ 15 milhões e auxiliou mais de 8.000 jovens no Brasil inteiro, além de ter impactado indiretamente mais de 30 mil pessoas.

O Amigo de Valor incentiva que pessoas físicas e empresas direcionem recursos do Imposto de Renda devido aos Fundos Municipais dos Direitos das Crianças e Adolescentes. Quem declara a renda pelo formulário completo pode destinar até 6% do imposto devido – neste caso os recursos são dedutíveis, ou seja, até esse limite não há custo para o doador, que tem o valor restituído –, e quem opta pela declaração simplificada pode doar a partir de R$ 25. O direcionamento é de até 1% (também dedutíveis) para empresas tributadas pelo lucro real.

O montante pode ser direcionado para quantos projetos o doador escolher abraçar, e os valores são debitados diretamente de sua conta corrente. O processo é realizado por meio de uma plataforma criada pelo Santander para simplificar a doação e apresentar todos os projetos apoiados pelo programa, de forma detalhada. No site é possível conferir a descrição das ações, ver imagens, saber a quantidade de crianças atendidas e a meta de arrecadação, entre outras informações. Neste ano, também estão disponíveis as doações pelo celular para pessoas físicas. Para clientes Pessoa Jurídica, as doações podem ser realizadas pelo Internet Banking do Santander.

Para conhecer e apoiar as iniciativas do Amigo de Valor 2021, acesse a plataforma: www.santander.com.br/amigodevalor

Semana Santander

O engajamento ao Amigo de Valor 2021 começou dentro de casa. A primeira onda de participação nas doações está sendo realizada internamente, pelos funcionários do Banco e de suas coligadas, durante a Semana Santander – uma campanha de arrecadação anual restrita aos 44 mil colaboradores do Banco, que ocorreu de 20 de setembro a 1º de outubro.

Cidades e Projetos que serão beneficiados no Ceará:

Barroquinha
Projeto NIACAA – Autismo, Inclusão & Família Projeto Jangada – Garantindo
Número de beneficiados diretos: 70
Atuação: Com a criação do Núcleo Integrado de Apoio, crianças e adolescentes com transtorno do espectro autista (TEA) inseridas num contexto de violência receberão atendimento especializado e multidisciplinar. Após diagnóstico, os beneficiários terão a Carteira Municipal da Criança e do Adolescente Autista, viabilizando sua inserção nos serviços do núcleo e de toda a rede de proteção social, com apoio no desenvolvimento de comunicação e interação social. As famílias também terão suporte psicológico.

Fortim
Projeto Acessos à Cidadania e à Proteção Integral a Pessoas Com Deficiência
Número de beneficiados diretos: 25
Atuação: Para diminuir as desigualdades no acesso à educação de crianças e adolescentes com deficiência, o projeto se propõe a articular diversos setores para uma ação conjunta na cidade, que não dispõe, ainda, de uma política pública específica para pessoas com deficiência. A partir de 2022, estão previstas sessões de terapia ocupacional e atendimento psicopedagógico em quatro escolas municipais. Haverá, também, atendimentos em domicílio, com práticas complementares como arteterapia e musicoterapia.

Iracema
Projeto Serviço de Atendimento Especial às Crianças e Adolescentes
Número de beneficiados diretos: 60
Atuação: Com arteterapia, atividades lúdicas e esportivas, acompanhamento psicológico e capacitação profissional, o serviço busca fortalecer a autoestima, autonomia, protagonismo e dignidade de crianças e adolescentes vítimas de negligência, violência física, psicológica e sexual. Atua também com as famílias para que entendam os direitos dos filhos, buscando interromper o ciclo de violências, e junto ao poder público, fortalecendo a rede de proteção.

Jaguaruana
Projeto Amigos da Inclusão
Número de beneficiados diretos: 30
Atuação: Crianças e adolescentes com transtorno do espectro autista (TEA) de famílias de baixa renda receberão atendimento especializado pela primeira vez. Com o apoio do Amigo de Valor, será possível contratar equipe qualificada e oferecer atividades aquáticas, terapia ocupacional e complemento nutricional. Respeitando as diferenças de comportamento, o objetivo é promover melhor qualidade de vida para eles. Os beneficiários deverão estar matriculados na rede municipal de ensino.

Jijoca de Jericoacoara
Projeto Ressignificando Vidas
Número de beneficiados diretos: 2.250
Atuação: Este projeto vai oferecer escuta e atendimento qualificado para jovens que estão passando por violência psicológica, física e sexual, dando orientação e apoio emocional às vítimas e seus familiares, que muitas vezes são os agressores. Além de oferecer um espaço de referência e fácil acesso dedicado a esses casos, a iniciativa prevê ações integradas com a rede de proteção e o envolvimento da comunidade por meio de grupos de apoio mútuo protagonizados por jovens voluntários.

Jucás
Projeto Crianças e Adolescentes Integrados para o Desenvolvimento: Viver, Crescer e Vencer!
Número de beneficiados diretos: 120
Atuação: Com a pandemia, muitas crianças e adolescentes passaram a sofrer violência e foram afastadas da escola. Para retirá-los dessa situação de vulnerabilidade, serão implementadas medidas para o fortalecimento dos vínculos familiares, segurança alimentar e ações que promovam o desenvolvimento cognitivo, psicomotor, emocional e social dos beneficiários. O projeto inclui a criação de redes comunitárias integradas por profissionais do serviço público, familiares e lideranças comunitárias, entre outros.

Marco
Projeto Marco de Cidadania
Número de beneficiados diretos: 100
Atuação: Crianças e adolescentes de 7 a 14 anos, que moram principalmente na zona rural, terão atendimento socioassistencial em três novos núcleos, onde participarão de atividades educativas, recreativas e de lazer. Terão prioridade as vítimas de violações e com maior vulnerabilidade social, bem como suas famílias. Além de ampliar a rede de atendimento e proteção, o projeto busca consolidar o observatório da infância e adolescência, que produz conhecimento e informação para subsidiar políticas públicas.

Morrinhos
Projeto Escuta Protegida Com Rede Fortalecida
Número de beneficiados diretos: 150
Atuação: Crianças e adolescentes que tenham sido testemunhas ou vítimas de violações de direitos são o público-alvo deste projeto, que implementará o serviço de “escuta especializada” e de “acolhimento da revelação espontânea”. O objetivo é fortalecer a rede de proteção, proporcionando tratamento a essas crianças e adolescentes. Os operadores desse sistema serão treinados para fazer o acolhimento e os encaminhamentos necessários, evitando reincidências.

Orós
Projeto @aprendendocomarte
Número de beneficiados diretos: 200
Atuação: A arte-educação é o caminho que a organização escolheu para enfrentar as vulnerabilidades que afetam crianças e jovens da cidade. Por meio de atividades artísticas, culturais, sociais, científicas e tecnológicas, são trabalhados o pensamento reflexivo, a capacidade de mobilização e articulação. O objetivo é promover o ganho de autonomia e o protagonismo dos participantes, com reflexos positivos no entorno da fundação. Com o valor arrecadado será possível ampliar a equipe e comprar materiais.

Solonópole
Projeto CRER e FAZER
Número de beneficiados diretos: 200
Atuação: Elaborado em parceria com a comunidade, este projeto atende crianças e adolescentes oferecendo atividades socioeducativas, recreativas e culturais que promovam o desenvolvimento integral de suas potencialidades e o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários. Agora, o objetivo é ampliar e fortalecer a oferta de atividades e fazer uma busca ativa de participantes. Os recursos vão viabilizar o pagamento da equipe e a compra de serviços e materiais.

Viçosa do Ceará
Projeto Vidas Protegidas
Número de beneficiados diretos: 20
Atuação: Com o seu apoio, a cidade vai ganhar a primeira instituição preparada para acolher crianças e adolescentes em situação de risco pessoal e social extremo. Com equipe multidisciplinar, serão atendidos 20 beneficiários, que receberão acompanhamento especializado até que seja possível a reintegração em suas famílias. Em articulação com a rede de proteção do município, serão promovidos cuidados de saúde, acesso à escola e a proteção de seus direitos.

Município que já atingiu a meta financeira de arrecadação:

Barbalha
Projeto Família Colhendo Preciosidade
Número de beneficiados diretos: 20
Atuação: Evitar a institucionalização de vítimas de familiares que praticam violência, maus-tratos e negligência é o objetivo deste projeto, que capacitará famílias para cuidarem com dignidade de suas crianças e adolescentes. O projeto trabalhará a reestruturação do núcleo familiar para que a reintegração seja viabilizada. Maiores de 16 anos participarão de atividades de fortalecimento da autonomia, vínculos comunitários e qualificação profissional, preparando-os para a vida adulta fora do projeto.

Quixelô
Projeto Construindo Novos Rumos para Transformar o Amanhã
Número de beneficiados diretos: 75
Atuação: Neste município, 45% das pessoas com até 17 anos vivem em extrema pobreza. Para reduzir os riscos e vulnerabilidades a que essas crianças e adolescentes estão expostas, como evasão escolar, violência, exploração sexual e trabalho infantil, este projeto vai oferecer atividades educativas, de lazer e arte, como oficinas pedagógicas, contação de histórias e musicalização. Buscará ainda fortalecer e capacitar os profissionais que integram a rede de proteção a esse público.

Postar um comentário

0 Comentários