CNH gratuita no Ceará: programa vai cadastrar pessoas em fila de espera


Além das 25 mil vagas destinadas para o programa CNH Popular com carteira de motorista nas categorias A e B, o Detran-CE vai disponibilizar uma fila de espera para os interessados. As pessoas na fila de espera serão contempladas com o benefício caso algum dos 25 mil cadastrados desista do programa ou não possam participar porque não atende aos critérios.

Apesar de o período de cadastrado já ter iniciado, o site do Detran apresenta desde a tarde desta quarta-feira após lançamento do programa. Muitos usuários afirmam que as vagas em alguns municípios já foram finalizados.

Casos algum dos primeiros 25 mil cadastrados não preencha uma vaga, ela será utilizada por uma pessoa na fila de espera.

“A questão da instabilidade é devido à grande procura das pessoas por esse programa já que ele ficou muito tempo parado mais de um ano. A rede ficou muito sobrecarregada, mas o Detran continua trabalhando para retomar. Durante a madrugada, já ficou normal o sistema. As vagas vão ser distribuídas para todo o Estado. As 20 mil vagas para o interior e 5 mil para capital. Acredito que não tenha terminado. Nós estamos disponibilizando as vagas e mais um percentual de chamada de espera”, afirmou a gerente de atendimento e gestão de CNH do Detran-CE, Luziânia Lima.

“As vagas foram divididas de acordo com a capacidade de habitantes do município. Digamos que um município a gente fez o coeficiente de uma habilitação a cada 236 habitantes. Essa vaga vai ter um acréscimo de 20% para ficar na chamada de espera para que todas as vagas sejam contempladas”.

Luziânia Lima destaca que ao ser escolhido, o candidato terá o direito de todos os exames médicos, como também da formação prática e teórica gratuito.

“Essas pessoas vão ter o direito de formação total como condutor. Eles já saem com a carteira na mão. Vão ter o direito aos exames médicos, tudo gratuito, formação do curso teórico, prova teórica, formação prática, exame prático de direção e recebe a carteira. E os candidatos a habilitação de motocicleta eles ainda têm outra vantagem. Ganham um capacete”, disse.

Instabilidade no site

O site do Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-CE) está apresentando instabilidade, nesta quarta-feira (13), após o lançamento do programa CNH popular, que vai beneficiar cerca de 25 mil cearenses com carteira de motorista nas categorias A e B.

O link de inscrição do programa está disponível no site do órgão estadual, então o problema pode estar associado à alta demanda de interessados. O Detran-CE informou que a equipe da [Tecnologia da Informática] TI está trabalhando para identificar o ocorrido e solucionar o problema.

O governador Camilo Santana (PT) anunciou, nesta quarta-feira (13), as regras para participação no Programa Carteira Nacional de Habilitação Popular, conhecido como CNH Popular.

Como se cadastrar no programa

Ao todo serão 25 mil habilitações ofertadas nos municípios cearenses em 2021 e 2022. São 20 mil carteiras para o interior e outras 5 mil para Fortaleza. O link para inscrição está disponível no site do Detran.

As regras foram apresentadas em live no início desta tarde, e o termo de autorização do programa foi assinado no mesmo evento. Em agosto deste ano, o governador havia informado, pela primeira vez, que programa iria retornar com o dobro de carteiras distribuídas.

Os critérios de participação dos municípios são os seguintes:

Número de habitantes;

O município tem que possuir sua própria autarquia de trânsito ou ter processo/pedido aberto de municipalização do trânsito local;

Número de habitantes x número de veículos registrados;

Quem pode participar do programa:

Pessoas com deficiência;

Beneficiários do Programa Bolsa Família;

Pessoas Egressas do Sistema Penitenciário;

Como se cadastrar

Ir ao site do Detran (www.detran.ce.gov.br), depois clicar em “habilitação” e em “CNH popular”. Escolher a forma de acesso (primeira habilitação); informar seu CPF, em seguida confirmar. Depois, aparece um formulário que pedirá dados como contato e profissão.

Depois, é preciso anexar os documentos (comprovante de residência, identidade, NIS, CPF). Importante deixar o contato como telefone ou e-mail.

Após confirmado o cadastro pelo interessado, uma comissão vai analisar o pedido, e a pessoa pode acompanhar o status de seu pedido pelo próprio site.
O interessado vai receber informações sobre a situação do seu cadastro pelo seu e-mail e também no site do Detran. Nele haverá a situação do cadastro com uma tela de acompanhamento.

Atenção no momento da inscrição

As inscrições ocorrem apenas no site do Detran

As inscrições não acontecem pelo WhatsApp ou outras mensagens pelo aparelho celular

Só confiar em informações dos canais oficiais do Governo do Estado e do Detran

O cidadão não precisa informar a cidade que vai participar, quando ele informar o CEP, a cidade já é indicada.

Criado em 2009, o programa possibilita o acesso das pessoas de baixo poder aquisitivo, gratuitamente, à obtenção da primeira CNH nas categorias A (moto) ou B (automóvel). Desde a criação do programa, 139 mil pessoas foram habilitadas por meio da iniciativa.

Quem se habilita na categoria A recebe um capacete, garantido através da Lei nº 15.931 de dezembro de 2015, e que atende às exigências legais vigentes.

Foto: Getty Images / Fonte: Portal G1 CE

Postar um comentário

0 Comentários