Falso médico é preso suspeito de arrecadar dinheiro com campanhas em prol de vítimas da pandemia no Ceará


Segundo investigações da Polícia Civil, o homem de 31 anos fingia ser empresário e médico para se aproximar das vítimas. Inclusive, usava perfis nas redes sociais que reforçavam a narrativa que ele apresentava para enganar as pessoas.

Com a aproximação, Rodrigo relatava que estava arrecadando valores financeiros para as vítimas da pandemia. As pessoas faziam depósitos bancários para o homem, que utilizava o dinheiro para fins pessoais.

Após tomar conhecimento do caso, a Polícia Civil encaminhou um pedido judicial de prisão preventiva contra o homem, que cumprido na tarde da última quarta-feira (29). Antônio Rodrigo foi encaminhado à Delegacia Regional de Acaraú, que investiga o crime.

O delegado Jean Weddigen, titular da Delegacia Regional de Acaraú, alerta sobre os cuidados que a população deve ter para não cair neste tipo de golpe.

“As pessoas devem ter cuidado e investigar os perfis de redes sociais, tendo em vista que várias empresas e pessoas podem ter seus perfis copiados, ocasionando perfis fakes responsáveis por golpes. Essas páginas podem solicitar doações e pessoas com boa-fé atendem e acabam se tornando vítimas de estelionatários. Antes de realizar doações, é importante que a pessoa saiba como, de fato, esse valor será empregado”, disse Jean Weddigen.

Foto: Divulgação / Fonte: Portal G1 CE

Postar um comentário

0 Comentários