Hospital Santo Antônio tem setor de AVC pronto para atender SUS, mas falta verba de credenciamento do Ministério da Saúde


Na próxima sexta é o Dia Mundial do AVC, saiba quais são os principais sintomas.

Na próxima sexta-feira, 29, é o Dia Mundial do AVCi. A data serve como um alerta à população para lembrar que essa é uma das principais causas de morte no mundo ( No Brasil, o AVC é a segunda causa de morte e incapacidade). O Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (AVCI), o mais comum, é causado pela falta de sangue em determinada área do cérebro, decorrente da obstrução de uma artéria. Já o Acidente Vascular Cerebral Hemorrágico (AVCH) é causado por sangramento devido ao rompimento de um vaso sanguíneo.

Em 2020, no Brasil, mais de 78,6 mil pessoas morreram em decorrência de AVC. O médico , Dr José Correia Junior, destaca que atualmente o Hospital Santo Antonio recebe de dois a três casos de Acidente Vascular Cerebral (AVCi) Isquêmico por semana, mesmo tendo o Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte, mas com quase 100% de lotação.

“Poderíamos agilizar o atendimento da macrorregião se o Ministério da Saúde mandasse verba mensal para custear o atendimento SUS. Nossa unidade AVC está pronta, equipada, temos profissionais de todas as áreas já disponíveis , mas falta dinheiro e credenciamento”, explica o neurocirurgião/neurorradiologista.

Então, caso haja credenciamento junto ao Sistema Único de Saúde (SUS), esse número pode aumentar para cinco ou seis casos por semana, havendo assim um trabalho em conjunto e desafogando outras instituições da região que atendem no limite da capacidade, salvando vidas e evitando sequelas permanentes. Inclusive, não arriscando o paciente do Cariri, que as vezes precisa vir de longe , em busca de tratamento e não sobrevive ou fica sequelado permanentemente (Durante um AVCi, aproximadamente 120 milhões de células cerebrais morrem por hora! )porque são apenas *seis horas* para tratamento eficaz entre os primeiros sintomas e o atendimento. O tempo é fundamental para evitar possíveis sequelas graves.

Vale destacar que nos dois tipos de AVC, uma vez que o sangue não chega a determinadas áreas do cérebro, ocorre a perda das funções dos neurônios, causando os sinais e sintomas que dependerão da região do cérebro envolvida. O AVC atinge pessoas de todas as idades, sendo raro na infância.

*Seis principais sintomas*

– Enfraquecimento, adormecimento ou paralisação da face, braço ou perna de um lado do corpo,
– Alteração de visão: turvação ou perda da visão, especialmente de um olho,
– Dificuldade para falar ou entender o que os outros estão falando,
– Tontura sem causa definida, desequilíbrio, falta de coordenação no andar ou queda súbita, geralmente acompanhada pelos sintomas acima descritos,
– Dores de cabeça fortes e persistentes,
– Dificuldade para engolir

ComMonike / Foto: assessoria HSA

Postar um comentário

0 Comentários