Tremor de 5,9 de magnitude é registrado em cidade no interior do Acre


Um tremor de terra de magnitude 5.9 foi registrado no estado do Acre, a 165 km da cidade de Tarauacá, às 9h52 deste sábado (2). O fenômeno natural, tendo magnitude considerada alta para os níveis do Brasil, foi observado em diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR).

De acordo com o Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB), devido à profundidade, 589,4 km, o tremor não apresenta potencial destrutivo. Em comunicado sobre o fato, a RSBR disse não ter recebido relatos de pessoas que tenham sentido o abalo sísmico.

A região é conhecida por ter passado por outros tremores. O último sismo na região, propensa a este tipo de evento, foi registrado em 22 de agosto, na cidade de Feijó, e teve magnitude 4.2.

EXPLICAÇÃO CIENTÍFICA 

Conforme o geofísico Marcos Ferreira, do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), os eventos registrados no Acre estão associados à subducção da placa de Nazca, por isso suas altas magnitudes e altas profundidades.
O maior tremor sentido e registrado no Brasil aconteceu em 1955, na Serra do Tombador, no Mato Grosso, e teve magnitude 6.2 mB. 

Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), o epicentro do tremor aconteceu na fronteira Peru-Brasil. 

HISTÓRIA DE TARAUACÁ 

A cidade de Tarauacá foi fundada em 1º de outubro de 1907, por Antônio Antunes de Alencar, o povoado foi transformado em vila e batizado de “Seabra”. Obteve sua autonomia através do Decreto Federal 9 831, de 23 de outubro de 1912, tornando-se, então, município. ​
Tarauacá é conhecido como “a terra do abacaxi gigante”. Esse fruto chega a pesar em torno de 15 kg na região, fato que provoca grande admiração nos visitantes.

Foto: Prefeitura de Tarauacá/Reprodução / Fonte: Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários