Erinaldo Dantas é reeleito para presidência da OAB-CE para o triênio 2022-2024


O advogado Erinaldo Dantas, da chapa “Somos Mais OAB”, foi reeleito presidente da OAB Ceará, com 7.226 votos de um universo de 14.253 mil. A eleição ocorreu no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza, e nas sedes das 17 subseccionais, nesta quarta-feira (17/11).

“O nosso grande desafio é unir a classe. A eleição acabou de terminar, eu continuo sendo representante de todas as advogadas e de todos os advogados. No próximo ano, o processo eleitoral do Brasil deve ser complicado. Precisamos ter a classe unida e comprometida com o Estado Democrático de Direito. Do ponto de vista assistencial e corporativo vamos dar uma atenção especial para a jovem advocacia, para os mais velhos que precisam de assistência e também para o interior do Estado”, destacou Erinaldo Dantas.

O advogado Sávio Aguiar, candidato a presidente pela Chapa OAB Livre e Independente foi o segundo colocado, com 5.417 votos. Em terceiro lugar, o candidato Daniel Aragão, com 945 votos. Houve ainda 284 votos em branco e 369 nulos.

A diretoria da Chapa eleita para o triênio 2022-2024 é composta pelo presidente, Erinaldo Dantas; a vice-presidente, Chistiane do Vale Leitão; o secretário-geral, David Sombra Peixoto; o Secretário-geral adjunto, Rafael Pereira Ponte; e a tesoureira, Camila Ferreira Fernandes.

Para o Conselho Federal, foram eleitos os advogados Hélio Leitão, Ana Vládia Feitosa e Caio César Vieira Rocha. Na suplência estão Cassio Felipe Goes Pacheco, Katianne Wirna Rodrigues Cruz Aragão e Ana Paula Araújo de Holanda.

A Caixa de Assistência dos Advogados (CAACE) terá como presidente, Lucas Asfor Rocha Lima. O vice-presidente será Waldir Xavier de Lima Filho. Como secretária-geral, Francisca Maria Lima Castelo Branco. A secretária-geral adjunta será Deysiane Souza da Silva; e o tesoureiro, Fernando André Martins Teixeira.

Sobre o pleito eleitoral, o presidente da Comissão Eleitoral da OAB Ceará, Hélio Parente, ressaltou o exemplo de cidadania que a advocacia cearense deu para o Brasil, com a realização da eleição seguindo todos os protocolos de prevenção à Covid-19, estabelecidos pelo decreto estadual vigente. “Um total de 14.253 mil advogados (as) compareceram às urnas hoje. Foi muito importante contar com todos para honrarmos o compromisso firmado com o governo do Estado para a realização do pleito. Destaco também o trabalho realizado por todos os integrantes da comissão, no sentido de garantir a democracia e a transparência no pleito”, disse.

Subseccionais

Advogados e advogadas cearenses também elegeram, nesta quarta-feira (17/11), os presidentes eleitos para as 17 Subsecções da OAB-CE.

  • Canindé – Neudson Nascimento Moreira, 56 votos (84,85%)
  • Cariri Oriental – Francisco Vicelmo Feitosa Sales, 97 votos (59,88%)
  • Crato – Aderson Feitosa Ferro Terceiro, 255 votos (49,71%)
  • Iguatu – Danilson de Carvalho Passos, 216 votos (91,53%)
  • Inhamuns – Ronisa Alves Freitas, 77 votos (92,77%)
  • Itapipoca – Niefson Bruno Oliveira Santos, 82 votos (51,57%)
  • Juazeiro do Norte – Francivaldo de Lemos Pereira, 777 votos (79,12%)
  • Litoral Leste – LuÍs Gonzaga Batista Júnior, 126 votos (88,11%)
  • Litoral Oeste – Francisco Nivaldo de Moraes Pessoa, 25 votos (100%)
  • Maciço de Baturité – Janaína Roberto Nunes, 41 votos (91,11%)
  • Região Metropolitana de Fortaleza – Djacir Ribeiro Parahyba Neto 126 votos (93,33%)
  • Serra da Ibiapaba – José Helter Cardoso de Vasconcelos Júnior, 167 votos (57,79%)
  • Sertão Central – Davi Costa Pordeus, 179 (96,24%)
  • Sertões de Crateús – José Francisco Sales Júnior, 115 votos (66,47%)
  • Sobral – Ezio Guimarães de Azevedo, 592 votos (51,61%)
  • Vale do Jaguaribe – Richardson Reis de Freitas, 221 votos (90,20%)
  • Vale do Salgado – José Kleber Felinto Colares, 102 votos (100%)

Postar um comentário

0 Comentários