Ceará teve sete chacinas em 2021; 32 pessoas morreram


A chacina que deixou seis pessoas mortas e outras cinco feridas no Bairro Sapiranga, em Fortaleza, na madrugada deste sábado (25) de Natal, foi a sétima ocorrida no estado do Ceará apenas no ano de 2021. Ao todo, 32 pessoas foram assassinadas nesse tipo de crime neste ano em cinco cidades diferentes (Fortaleza, Caucaia, Guaraciaba do Norte, Viçosa do Ceará e Chorozinho).
Neste sábado (25), a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social informou que oito suspeitos pela matança na Sapiranga foram presos e seis armas, apreendidas. Segundo policiais militares, as vítimas celebravam confraternizações natalinas em um campo de futebol quando criminosos armados e encapuzados dispararam vários tiros.

Em nota, a Secretaria disse que, nesses casos, houve “resposta rápida e o empenho das forças de segurança. Em todos os casos a autoria foi esclarecida e os suspeitos foram devidamente identificados. No total, 29 pessoas, entre adultos e adolescentes, foram capturados”, disse.

Veja outras chacinas ocorridas no Ceará em 2021:

Caucaia, 11 de abril

Quatro pessoas, sendo um adolescente de 15 anos, uma mulher e dois homens foram mortas a tiros em uma chacina, em 11 de abril, no Bairro Parque São Gerardo, em Caucaia, na Grande Fortaleza. Conforme testemunhas, as vítimas estavam bebendo quando os criminosos chegaram a pé munidos de um forte armamento e atiraram na direção do grupo.

No local foram encontradas cápsulas de pistola de diversos calibres. Após o crime, os atiradores fugiram por um mangue. Quatro pessoas foram presas pela polícia, mas apenas uma está respondendo formalmente pelo crime. José Germano do Nascimento Dias Filho, de 19 anos, é réu na Justiça pela matança.

Fortaleza, 25 de abril

Cinco pessoas foram assassinadas a tiros durante a madrugada de 25 de abril nas proximidades do Conjunto João Paulo II, no Bairro Barroso, em Fortaleza. As mortes ocorreram, segundo a Secretaria da Segurança, por uma rivalidade entre facções criminosas. Quatro das vítimas não tinham antecedentes criminais, enquanto um estava envolvido com a facção que organizou o crime e foi atingida por um comparsa.
Três homens foram presos e um adolescente, apreendido em decorrência das investigações policiais.

Chorozinho, 18 de julho

Quatro jovens com idades entre 15 e 17 anos foram mortos a tiros em uma chacina na madrugada de 18 de julho, na zona rural de Chorozinho, na Região Metropolitana de Fortaleza. Os corpos dos adolescentes foram encontrados em uma estrada carroçável, que fica em uma localidade chamada Lagamar.

Segundo a Secretaria da Segurança, as vítimas possuíam passagens pela polícia por atos infracionais análogos aos crimes de roubo e furto. Não há informações sobre prisões efetuadas após investigações sobre esta chacina.

Caucaia, 1º de agosto

Cinco homens foram assassinados e duas mulheres ficaram feridas em uma chacina ocorrida em um bar, no Distrito de Boqueirão das Araras, em Caucaia, na madrugada de 1º de agosto. Duas das vítimas foram mortas na estrada e três no estabelecimento comercial.

A Vara Única do Júri da Comarca de Caucaia recebeu denúncia contra sete suspeitos de participação pela matança apenas 16 dias após o crime ter sido cometido. Os réus devem responder na Justiça pelos crimes de homicídio, lesão corporal, roubo em concurso de pessoas, porte ilegal de arma de fogo, organização criminosa e corrupção de menores.

Guaraciaba do Norte, 4 de outubro

Quatro pessoas, sendo dois homens e duas mulheres, foram assassinadas a tiros em uma residência no Sítio Bananeiras, na zona rural da cidade de Guaraciaba do Nort, no interior do Ceará. Os corpos dos dois casais foram localizados na parte de cima de uma casa duplex. Na parte de baixo do imóvel funciona um bar, que estava fechado no momento do crime.

O titular da Delegacia Municipal do município, Rômulo Melo, afirmou que a matança foi motivada por vingança e disputa de facções criminosas. Segundo ele, houve o assassinato de um integrante do grupo criminoso a qual os executores da chacina integram.

A Secretaria da Segurança afirmou que um homem e uma mulher haviam sido presos no mesmo dia da matança por suspeita de participação no crime. O delegado acrescentou que outra mulher foi presa.

Viçosa do Ceará, 11 de dezembro

Quatro pessoas foram mortas a tiros em uma residência na cidade de Viçosa do Ceará, no interior do estado. O crime aconteceu no Bairro Santa Cecília, na madrugada de 11 de dezembro. Duas das vítimas da matança eram mãe e filha.

Os outros eram dois homens, sendo um deles companheiro da mais jovem e o outro um primo dela. Eles estavam na casa quando suspeitos armados invadiram o local atirando. As duas mulheres foram mortas em um dos quartos da residência e os homens em outros cômodos. Os criminosos fugiram.

O chefe de um grupo criminoso suspeito de participação na chacina foi preso na cidade de Cristalina, em Goiás, há uma semana. Conforme a Polícia Civil, Expedito Erivan Melo da Silva, de 25 anos, é suspeito de chefiar uma facção com atuação no município de Tianguá e estava foragido.

Foto: Leábem Monteiro/SVM / Fonte: G1 CE

Postar um comentário

0 Comentários