Mais de 80% dos cearenses acima dos 12 anos estão imunizados contra Covid


O Ceará ultrapassou os 80% de pessoas (acima de 12 anos) vacinadas com duas doses contra a Covid-19, de acordo com o governador Camilo Santana. Ele informou, nesta sexta-feira (17), ainda que mais de 90% da população do estado tomou também, pelo menos, uma dose do imunizante.

“Nosso esforço agora será ampliado para vacinar as crianças a partir de 5 anos o mais rápido possível. Inclusive, acompanharemos junto ao Ministério da Saúde o processo de envio de vacinas para essa faixa etária, para que haja máxima agilidade nessa distribuição aos estados”, disse o governador Camilo Santana.

O Ceará abriu, nesta quinta-feira (16), o cadastro de vacinação para o público entre cinco e 11 anos. Contudo, a aplicação das doses para essa faixa etária só vai ser iniciada quando o poder estadual receber do Governo Federal as vacinas específicas para esse público.

A aplicação das duas doses ou da dose única da Janssen garantem imunização contra a Covid, mas ainda é necessária a dose de reforça para que a imunização contra a doença não caia com o tempo.

Vacinação de crianças

O cadastro de crianças com idade entre 5 e 11 anos para tomar a vacina contra a Covid-19 foi liberado na tarde desta quinta-feira na plataforma Saúde Digital. A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) informou que as doses para crianças de 5 a 11 anos são diferentes das aplicadas no restante do público.

A secretária executiva de Vigilância e Regulação da Sesa, Ricristhi Gonçalves, afirmou que apesar de as doses destinadas a essa faixa etária não terem chegado ao estado, ainda é importante fazer o cadastro para que a Sesa possa fazer o planejamento da imunização.

“O estado do Ceará aguarda o envio do Ministério da Saúde que é uma vacina da Pfizer modificada para ser aplicada nessa faixa etária então nós não dispomos dessa vacina nesse momento entretanto a gente já pode se antecipar e fazer o cadastro porque a gente vai ter uma ideia do tamanho do público que pertence a essa faixa etária e isso vai ajudar no nosso planejamento para rapidamente assim que as vacinas chegaram nós operacionalizarmos essa vacinação”, explicou.

Foto: Thiago Gadêlha / Fonte: G1 CE

Postar um comentário

0 Comentários