Sérgio Moro desembarca no Cariri neste domingo (6) em busca de apoio do eleitorado cearense


Pela primeira vez no Ceará como pré-candidato à Presidência da República, o ex-ministro e ex-juiz Sergio Moro (Podemos) desembarcou, na manhã deste domingo (6), em Juazeiro do Norte, no Cariri.
O político, que também passará por Fortaleza, busca aproximação com o eleitorado cearense. No Estado, ele lançará ainda uma carta de compromisso com os evangélicos, tentando atrair essa fatia dos eleitores que foi decisiva em 2018.

Moro chegou a Juazeiro do Norte por volta de 11 horas e foi recepcionado por eleitores no aeroporto. Quem também esperou o ex-ministro no local foi o prefeito da cidade – e correligionário – Glêdson Bezerra (Podemos). O mandatário presenteou o visitante com um busto da imagem de Padre Cícero. O senador Eduardo Girão (Podemos) também compõe a comitiva.

Em seguida, o ex-juiz seguiu para a Colina do Horto, onde fica a Estátua de Padre Cícero, tradicional ponto turístico e religioso do Cariri. O local também virou parada – quase – obrigatória de políticos que visitam a região e buscam a aproximação com o eleitorado devoto do “Padim”.

EM BUSCA DOS ELEITORES

Desde o fim da semana passada, Moro está no Ceará. Ele já teve encontros com o senador Eduardo Girão, seu principal aliado no Ceará. A intenção de Moro é atrair mais aliados da região, que historicamente é alinhada a nomes como do ex-ministro Ciro Gomes (PDT) e do ex-presidente Lula (PT).

A visita do ex-juiz ao Ceará ocorre também em um novo momento de desgaste de seu antigo aliado Jair Bolsonaro (PL) com a região. Na semana passada, durante transmissão ao vivo nas redes sociais, o atual presidente chamou assessores de “pau de arara”, expressão pejorativa para se referir aos nordestinos.

O presidente também confundiu a cidade de Juazeiro do Norte, no Ceará, com algum município pernambucano. “Falaram que eu revoguei o luto de Padre Cícero. Lá do Pernambuco, é isso mesmo? Que cidade que fica lá?”, perguntou.

“Cheio de pau de arara aqui e não sabem em que cidade fica Padre Cícero?”, acrescentou o presidente. Ao ser informado de que a estátua fica em Juazeiro do Norte, ele concluiu. “Parabéns aí. Ceará, desculpa aí, Ceará”, disse.

AGENDA NO CEARÁ

Ao longo dos próximos dias, a previsão de aliados é de que Moro tenha uma agenda recheada de conversas com políticos e empresários cearenses, passando por municípios como Crato, Barbalha, Limoeiro do Norte, Morada Nova e Fortaleza. Na Capital, o ex-juiz lança, na próxima terça-feira (8), o livro “Contra o Sistema da Corrupção”, no qual ele relata a experiência vivida na Lava Jato.

Em Fortaleza, Moro também planeja lançar uma carta-compromisso com os evangélicos. No texto, o ex-ministro deve criticar as políticas de “ideologia de gênero” e se posicionar de forma contrária a flexibilizações na legislação sobre o aborto. A mensagem também deve ter um cunho de valorização da política e de combater a corrupção.

Foto: Divulgação / Fonte: Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários