Zelensky se recusa negociar com a Rússia se assunto for “desnazificação” da Ucrânia


O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky se recusa a sentar-se com os negociadores da Rússia se eles procuram discutir apenas a “desnazificação” da Ucrânia.
Em entrevista a jornalistas russos independentes neste domingo (27), Zelensky disse que a Ucrânia não está discutindo os termos “desnazificação” e “desmilitarização” durante as conversas com a Rússia.

O presidente russo Vladimir Putin tem continuamente enquadrado sua invasão da Ucrânia – um país com um presidente judeu – como uma campanha de “desnazificação”, uma descrição rejeitada por historiadores e observadores políticos.

“Não vamos nos sentar à mesa se tudo o que falamos é alguma ‘desmilitarização’ ou alguma ‘desnazificação’. Para mim, são coisas absolutamente incompreensíveis”, disse Zelensky.
Em um reunião anterior, o lado ucraniano pediu aos seus pares da Rússia para não usar esses termos, o que não se mostrou “substancial”, acrescentou Zelensky.

Como a próxima rodada de conversas entre os dois lados deve começar em Istambul na terça-feira (29), Zelensky disse que “não é contra” conversas com a Rússia “desde que haja um resultado”, acrescentando que defendeu o diálogo mesmo antes de a guerra começar.

🔎 Fonte: CNN Brasil
📸 Foto: Reprodução/ CNN Brasil

Postar um comentário

0 Comentários